TRÁGICO: Homem morre afogado após mergulhar para pedir namorada em casamento

O casal estava hospedado em cabine submersa no leste da África. Namorada lamentou o acidente em postagem nas redes sociais

O pedido de casamento foi filmado pela namorada, Kenesha Antoine. 
(Foto: Arquivo Pessoal/Kenesha Antoine)
(Yahoo notícias) – O americano Steven Weber morreu afogado na Tanzânia, após mergulhar para pedir a namorada em casamento. O casal estava hospedado em uma cabana submersa no Manta Resort, e Weber decidiu fazer o pedido segurando um bilhete contra o vidro da cabine.

A namorada, Kenesha Antoine, filmou o pedido. As imagens mostram o homem usando óculos de mergulho e nadadeiras, segurando um bilhete que dizia "Não consigo segurar o fôlego o suficiente para contar tudo o que amo em você. Mas... tudo o que amo em você, amo mais todos os dias!"

Depois, ele vira o papel para revelar o pedido, tira a caixa com o anel de noivado do bolso e sai nadando. Em um post no Facebook, Antoine confirmou a morte do namorado, dizendo que ele "não voltou mais das profundezas". Ela disse que a resposta teria sido “um milhão de vezes sim”:

"Não conseguimos nos abraçar e celebrar o início do resto de nossas vidas juntos, pois o melhor dia de nossas vidas se tornou o pior, na reviravolta mais cruel do destino que se possa imaginar. Tentarei me consolar com o fato de termos desfrutado de uma experiência incrível, e de que nós dois estávamos tão felizes e absolutamente emocionados nos nossos momentos finais juntos."

Matthew Saus, CEO do resort, disse à BBC que “todos estão profundamente abalados” com a morte de Weber. Ele contou que a equipe respondeu a um chamado de “problema na água”, mas que “absolutamente nada poderia ser feito” quando chegaram ao local.

O Manta Resort fica a cerca de 250 metros da costa da ilha de Pemba. A cabine fica a cerca de 10 metros de profundidade, e a diária custa U$ 1.700 (cerca de R$ 7 mil).

O acidente aconteceu no terceiro dia da viagem do casal. Eles haviam reservado quatro noites no resort. “O Departamento de Estado dos EUA disse estar ciente da morte de um cidadão na Tanzânia, no leste da África”. "Oferecemos nossas sinceras condolências à família pela perda", disse um porta-voz. "Estamos prontos para fornecer toda a assistência consular apropriada."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIAS: Vale apenas saber - A classificação das aves

EM TEMPO: Alan Silveira continua dando um trato na infraestrutura urbana

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

AFRODISÍACO: Galvão provou ‘Viagra Natural’ horas antes de passar mal