Pular para o conteúdo principal

SUPERDOTADOS: Programa Talento Metrópole abre inscrições para estudantes superdotados

Formação funciona no Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) e podem participar alunos do Ensino Médio e dos três últimos anos do Ensino Fundamental

Divulgação.
Aproveitar o potencial e estimular o desenvolvimento intelectual de seus estudantes é um dos principais deveres das escolas. No entanto, nem todas as instituições de Ensino Fundamental e Médio conseguem desenvolver ao máximo o talento de seus alunos, especialmente quando eles apresentam altas capacidades cognitivas.
Pensando nisso, o Instituto Metrópole Digital (IMD), unidade complementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abriu seleção para ingresso no Programa Talento Metrópole, inciativa que oferece formação em Tecnologia da Informação (TI) para jovens com altas habilidades ou superdotação.

Inscrições
As inscrições para participar já estão abertas e seguem até o dia 27 junho, devendo ser feitas exclusivamente de modo online, por meio do formulário de inscrição. Também é necessário o envio de toda a documentação exigida no edital para o endereço talentometropole@imd.ufrn.br.

A seleção para ingresso no Talento acontece em duas etapas. A primeira consiste em um teste (de avaliação de habilidades em TI, inteligência e criatividade), a ser realizado no dia 29 de junho, às 8h, na sede do Instituto Metrópole Digital. Os 45 aprovados nessa fase irão participar da seguinte, que toma forma no Curso de Inverno do IMD – semana de formação e oficinas de TI, que vai acontecer de 8 a 12 de julho.

Com base na participação no Curso de Inverno, será feita análise de desempenho, com geração de média para cada participante. Os que atingirem as melhores médias serão convidados para participar do Talento Metrópole. O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 22 de julho, no portal do IMD, na aba específica de “Editais”.

Proposta
A proposta do Programa Talento Metrópole é voltada para estudantes com até 19 anos de idade, que estejam cursando o Ensino Médio ou os três últimos anos do Ensino Fundamental II (7º, 8º e 9º anos) de escolas públicas ou privadas. Os aprovados no programa participam de diversos cursos e oficinas, que desenvolvem as habilidades e potencializam as capacidades cognitivas com a produção tecnológica.

Para isso, ao participar do programa, o jovem é acompanhado por um tutor, com o qual desenvolve um plano individual de trabalho que abrange interesses, habilidades e competências. Além disso, é permitido ao aluno cursar componentes curriculares de diferentes níveis de formação, inclusive de graduação e pós-graduação, contando sempre com a assistência de uma equipe especializada.

Necessidades educacionais
O Brasil é um país que desperdiça seus talentos, apesar das leis que deveriam garantir a oferta de programas especializados, uma vez que se trata de grupo com necessidades educacionais especiais. Constata-se que, no âmbito das altas habilidades/superdotação, o ensino tradicional, na maioria das vezes, falha e se torna desinteressante, uma vez que tende a ignorar o papel ativo do aluno no processo de aprendizagem, homogeneizando interesses e percursos, estabelecendo a validade de determinados conteúdos e ignorando outros, cerceando a criatividade e as rotas alternativas de construção de conhecimento”, explica a coordenadora do Talento Metrópole, a professora Izabel Hazin.

Segundo ela, “foi a partir da constatação desta lacuna que o IMD propôs o Programa Talento Metrópole, que tem em como meta ofertar formação de qualidade que contemple os interesses do aluno, considerando seu potencial e talento, rompendo com a hierarquia e rigidez do ensino tradicional”.
Assessoria de Comunicação do Instituto Metrópole Digital.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…