FAKE: Sargento pego com 39 kg de cocaína é filiado ao PT

Reprodução: Facebook.
Circula pelas redes sociais a “informação” de que o sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha sob suspeita de entrar no país com 39 quilos de cocaína, é filiado ao PT.

Ele integra o Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea Brasileira (FAB) e viajava em um avião da Presidência. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado.

Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
Militar preso da FAB. O militar detido por drogas é filiado ao PT. Pronto! Resolvido o mistério.”
Legenda de post que, até as 12h de 27 de junho de 2019, tinha mais de 3,2 mil compartilhamentos no Facebook

FALSO
A informação analisada pela Lupa é falsa. De acordo com a Constituição, nenhum integrante das Forças Armadas que esteja na ativa pode integrar partidos políticos. Isso aparece no inciso V, parágrafo 3º, do artigo 142: “O militar, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partidos políticos”.

A Lupa também examinou as listas de filiados ao PT em todos os 26 estados e no Distrito Federal, disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para saber se em algum momento Rodrigues esteve ligado à legenda. O nome do sargento não apareceu nas consultas, o que indica que ele nunca foi filiado ao partido. Uma checagem semelhante foi feita pelo Aos Fatos.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIAS: Vale apenas saber - A classificação das aves

EM TEMPO: Alan Silveira continua dando um trato na infraestrutura urbana

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

AFRODISÍACO: Galvão provou ‘Viagra Natural’ horas antes de passar mal