EVOLUÇÃO – MUTAÇÃO GENÉTICA: Cobra de três olhos é encontrada em estrada na Austrália

NT PARKS AND WILDLIFE/ A cobra de três olhos morreu semanas
após ter sido encontrada, em março
Autoridades da área ambiental na Austrália divulgaram fotos de um filhote de cobra de três olhos encontrada em uma rodovia no norte do país.

A descoberta foi anunciada pelo serviço responsável por parques e meio ambiente no norte da Austrália e foi muito compartilhado na internet. Mas, a serpente do tipo píton-carpete apelidada de Monty Python morreu algumas semanas depois de ter sido encontrada, em março.

Segundo autoridades relataram à BBC, a cobra, de 40 centímetros de comprimento, tinha dificuldade para se alimentar devido à deformação. Especialistas afirmaram que o terceiro olho dela, no topo da cabeça, parece ser uma mutação natural, e era capaz de enxergar.

Caso 'natural'
O serviço ambiental disse que os exames de raio-x mostraram que a cobra não tinha duas cabeças que se formaram juntas. "Na verdade, parecia ser apenas um crânio, com uma cavidade ocular a mais e três olhos funcionais", disse, no Facebook.

Especialista em cobras, o professor Bryan Fry explicou que as mutações são parte natural da evolução. "Todo bebê tem uma mutação de algum tipo. Neste caso, o animal é particularmente deformado", disse Fry, da Universidade de Queensland.

"Eu nunca tinha visto uma cobra de três olhos antes, mas temos uma cobra píton com duas cabeças no nosso laboratório. É um tipo diferente de mutação, como no caso de gêmeos siameses."

Fry suspeita que o terceiro olho da cobra possa ser "o último pedaço de um gêmeo que foi absorvido".

Comentários

Postagens mais visitadas