Pular para o conteúdo principal

CULTURA: Grande acervo de matrizes de gravura popular será doado ao Museu Câmara Cascudo

Assinatura do contrato de cessão será nesta quarta, às 14h

Divulgação.
Por Antônio Netto

Um dos principais acervos do Brasil de matrizes de gravura popular correu o risco de ir para fora do país. A "Coleção Roberto Benjamin" com 204 exemplares despertou o interesse de uma universidade americana, mas graças a uma operação que envolveu a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura - FUNPEC e o Museu Câmara Cascudo, ela ficará no RN. Doação será oficializada nesta quarta (10), no Gabinete da Reitoria na UFRN.

O acervo pertencia ao renomado pesquisador e folclorista pernambucano Roberto Benjamin. Ele faleceu em 2013, mas ainda em vida expressou o desejo que sua preciosa coleção fosse doada a Marcelo Soares, amigo de longa data e famoso xilógrafo popular. Em posse das obras, Marcelo passou a oferecê-las a instituições culturais, despertando o interesse de uma universidade americana, que já havia comprado a rica coleção de 4 mil folhetos de cordel deixada por Roberto Benjamin. Para impedir que mais uma preciosa parte da cultura brasileira fosse para o exterior, a FUNPEC foi mais ágil e comprou a coleção que será doada à UFRN, para integrar o acervo do Museu Câmara Cascudo. No museu, as obras serão cadastradas como “Coleção Roberto Benjamin/FUNPEC de gravura popular”.

A coleção é um das mais importantes do gênero no país. Matrizes de gravura que foram utilizadas em ilustrações de jornais, rótulos comerciais, álbuns e, principalmente, de folhetos de cordel, muitos dos quais representados no acervo da Biblioteca Zila Mamede da UFRN. A gravura popular representa uma das mais importantes categorias de arte vernacular brasileira.

Com essa ação, a FUNPEC dará uma contribuição fundamental para a preservação do patrimônio cultural e artístico brasileiro, fazendo com que a UFRN se afirme como um importante centro de conservação, estudo e promoção de uma das principais manifestações artísticas populares nordestinas”, disse Prof. André Maitelli, Diretor da FUNPEC.

O Diretor do Museu Câmara Cascudo da UFRN, Everardo Ramos, afirmou que “esse gesto da FUNPEC precisa servir de exemplo para outras pessoas e instituições. Acervos de grandes museus surgiram de doações de pessoas ricas e esclarecidas, que sabiam da importância dessas instituições como guardiões de verdadeiros tesouros, que se tornam acessíveis para toda a sociedade em um museu. Essa prática é quase inexistente no RN, mas isso precisa mudar. Nossos grandes empresários podem deixar seus nomes gravados como grandes mecenas, doando obras e coleções para o Museu Câmara Cascudo, maior museu potiguar”.
Assessoria de Comunicação – FUNPEC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…