NORDESTE: Inmet prever redução das chuvas para o Outono

Imagem reprodução.
Segundo o Inmet (Instituto nacional de Meteorologia), com relação ao outono que começou ontem, 20, “nos primeiros meses do ano, Ceará, Rio Grande do Norte, parte da Paraíba e norte do Maranhão apresentaram chuvas acima da média”.

Ainda de acordo com o Inmet, “a população sofreu com alagamentos e outros transtornos – em algumas capitais, como São Luís, Fortaleza e João Pessoa, foram registrados acima de 100 e 200 mm. O Inmet prevê que, no outono, chuvas com índices normais e abaixo da média em parte da região. A diminuição da temperatura das águas próximas à costa deve reduzir os períodos chuvosos”.

Ora, vejam só vocês que previsão mal feita. Nessas regiões citada, as chuvas foram abundantes somente no litoral e em algumas regiões semiárido do Ceará. Nesses mesmos estados, no semiárido, nos três primeiros meses do ano, as chuvas foram muito fracas.

Aqui no semiárido do RN, por exemplo, em nossa região do médio e alto Oeste – pelo menos aqui na região da chapada do Apodi – até agora as chuvas foram pífias. Pior que as medias de 2018. Os caras generalizam, como se o fenômeno tivesse ocorrido homogeneamente em todas as regiões desses citados estados.

Eu pelo menos estou na torcida que, com a chegada do outono, as chuvas se intensifiquem aqui no médio e alto oeste do RN. Até agora a balada vai como os anos anteriores, ou seja, seca verde.

Se essas chuvas esparsas e fracas diminuírem, como a previsão do Inmet, em questão de 1 mês tudo volta como antes. Seca brava. Esses meteorologistas generalizam. Um erro.

Daqui há pouco, caso não chova mesmo, ai aparece nos jornais as notícias de cidade sem água, colapso hídrico, etc. Quem não mora por aqui como vai entender um negócio desses?

O outono, geralmente, é o período em que mais chove no nordeste. Aquelas chuvas abundantes, duráveis, que deveriam encher açudes, barragens, reservatórios diversos. Só que a cerca de 10 anos a coisa não tem sido favorável. Vamos clamar pelas misericórdias de Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIAS: Vale apenas saber - A classificação das aves

EM TEMPO: Alan Silveira continua dando um trato na infraestrutura urbana

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

AFRODISÍACO: Galvão provou ‘Viagra Natural’ horas antes de passar mal