JUSTIÇA: Juiz Bretas condena Jacob Barata a 12 anos

O empresário Jacob Barata.  Foto: Rodrigo Chadí/Fotoarena/
Estadão Conteúdo
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, o mesmo que manou prender Temer e seus comparsas, condenou nesta quinta-feira (28) o empresário Jacob Barata, o Rei dos Ônibus, aquele libertado por Gilmar Mendes por três vezes, e mais 10 pessoas por diversos crimes apurados pela força-tarefa da Lava Jato na Operação Cadeia Velha.

Barata foi condenado a 12 anos de reclusão. Ainda bem que temos juízes como Bretas nesse país.

Comentários

Postagens mais visitadas