Pular para o conteúdo principal

FEEDBACK: IFRN realiza reavaliação dos cursos de Licenciatura

Reunião da comissão responsável por coordenar o processo
de reavaliação dos cursos de licenciatura
A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do IFRN aprovou junto ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepex) os novos Projetos Pedagógicos de Curso (PPC) das licenciaturas da Instituição. A aprovação aconteceu em encontro realizado hoje (31), na Sala de Atos da Reitoria.

Como previsto no Projeto Político Pedagógico do Instituto, com o nome Avaliação Global das Ofertas, os cursos de licenciatura foram os primeiros a passarem pelo processo de reavaliação, que também será realizado com os demais cursos da Instituição. A prioridade se deu em razão de uma resolução interna (02/2015), que trata exclusivamente da formação de professores.

Ticiana Coutinho, Diretora Pedagógica do IFRN, conta que a prerrogativa da Instituição, que prevê a revisão geral das ofertas, foi aproveitada junto à resolução: “fizemos todo o processo de avaliação para resolver problemas em nossos PPCs e de adequá-los à nova legislação. Neste sentido, a ação é proveniente de uma demanda institucional e, coincidentemente, nacional, no que diz respeito a adaptar os cursos que preparam futuros docentes".

A estratégia de trabalho é semelhante à utilizada no processo de produção do Projeto Político Pedagógico. “Ela prevê uma discussão ampla, nos vários espaços institucionais. Nós realizamos uma pesquisa através de um questionário no Suap, cujos dados coletados foram trabalhados numa comissão geral e no âmbito das comissões locais dos campi. Essas discussão serviram de base para os fóruns de validação das ofertas”, diz Ticiana.

Como não são novos e a maioria deles é de adequações, esses cursos passaram pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepex)”, explica a diretora. Após aprovação na Consepex, as mudanças serão implementadas nos cursos de licenciatura do IFRN. Em breve, os PPCs atualizados estarão na página da Instituição.

Resultados
Foram feitas as sugestões de modificação nas diretrizes dos cursos superiores de Licenciatura e, a partir daí, prosseguimos para a validação dessas diretrizes”, afirma a diretora pedagógica. Esta etapa aconteceu num fórum com representantes de todos os Núcleos Centrais Estruturantes (NCEs) dos Cursos Superiores de Licenciatura. “Nós realizamos dois fóruns, cada um de dois dias, com objetivo de tornar válidas as orientações para reformulação e construção dos projetos pedagógicos de cursos”, aponta Ticiana. 
Assessoria de comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…