Pular para o conteúdo principal

Aprender um novo idioma é bom para empresas e funcionários

Crédito: Airton Freire
Por Ayrton Freire

Ao investir em programas de capacitação profissional, como cursos de idiomas, a empresa beneficia colaboradores e se qualifica para enfrentar os desafios do mercado, que segue cada vez mais globalizado. Dominar o Inglês é o primeiro passo e indicado para toda a equipe, seguido pela fluência em Francês, Espanhol e Alemão, a depender da estratégia. De acordo com o professor Anderson Pessoa, “sem o domínio de um segundo idioma, começando pelo Inglês, podemos atestar o analfabetismo desta geração”.

Atento às necessidades do mercado, Anderson Pessoa tem ensinado o idioma aplicando-o aos produtos e/ou serviços da empresa em questão. Surgiu assim, em 2005, o Inglês Aplicado (IA), um projeto criado pelo professor após sua capacitação na famosa universidade americana de Harvard, e tem dado certo. A prova disso é a satisfação presente nas grandes companhias atendidas pela empresa.

Uma das companhias que qualifica o quadro de pessoal com o Inglês Aplicado é a empresa de publicidade e comunicação LIVE RESULTS. Os professores dão aula de Inglês básico e avançado, além de Alemão. As aulas acontecem na sede da empresa, em Natal, sempre com conteúdo voltado à realidade de quem lá trabalha, proporcionando rapidez e eficiência no aprendizado.

A publicitária Flávia Lorenna, que trabalha na LIVE RESULTS há 1 ano, fala da rapidez com que tem aprendido o idioma. “Acho a metodologia do curso superprática e eficiente para quem não tem muito tempo, como eu. As aulas acontecerem na sede da empresa, em horário de expediente, também ajuda bastante. Já fiz outros cursos e não consegui evoluir tão rápido como estou evoluindo com o Inglês Aplicado. Me sinto à vontade nas aulas e quero aprender cada vez mais”, falou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…