Professor de Língua Portuguesa da Escola Municipal Joaquim Leal Pimenta utiliza método inovador de ensino, inserindo o uso do WhatsApp nas práticas de ensino da disciplina em Campo Grande

Divulgação.
Por Bruno Coriolano

Durante todo o segundo bimestre, o uso do aplicativo WhatsApp compôs um quadro de experiências inovadoras de ensino e de aprendizagem nas aulas de Língua Portuguesa, ministradas pelo Professor Mestre Luiz Carlos de Lucena.

De acordo com o Mestre Luiz Carlos, a proposta teve como finalidade geral atender às necessidades educacionais dos alunos relativas aos aspectos da língua materna, inserindo as TICs no contexto de sala de aula. E nesta direção, levar o aluno a refletir que é possível utilizar o WhatsApp para estudar e aprender Língua Portuguesa.

Passos metodológicos
Foi criado um grupo (no WhatsApp) em todas as turmas, por ele, lecionadas. Em seguida, o professor Luiz Carlos postava atividades para serem respondidas (lidas, interpretadas e escritas) pelos discentes, no próprio “zap”.

No decurso das atividades postadas no aplicativo, foi possível estudar os gêneros textuais: Charge, Vídeo e Blogs, uma vez que os links dos textos para interpretação remetiam a blogs.

Parabenizamos o Professor e Mestre Luiz Carlos que, ao propor o uso do WhatsApp como instrumento didático no processo de ensino e aprendizagem de leitura, interpretação de textos e produção escrita, segue contribuindo para a construção do conhecimento pautada numa interação coletiva carregada de sentido para nossos alunos.

Bruno Coriolano de Almeida Costa
Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)
Professor do Magistério Superior (Letras/Inglês)
Vice-coordenador do curso de graduação em Letras com habilitação em inglês
Mais informações no Portal CGRN

Comentários