UFRN recebe doação do acervo jornalístico do Novo Jornal

Foto: Cícero Oliveira
O acervo jornalístico do Novo Jornal foi doado oficialmente à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na manhã desta segunda-feira, 18, em sessão solene de assinatura, na Sala dos Colegiados Superiores. A cessão do material visa o armazenamento adequado do imprenso e a melhoria de acesso do conteúdo digitalizado à população.

A reitoria Ângela Maria Paiva Cruz agradeceu ao proprietário do Novo Jornal e professor aposentado do curso de Jornalismo, Cassiano Arruda Câmara, por ter escolhido a UFRN para doar o acervo, especialmente no momento em que a instituição de ensino comemora 60 anos. A gestora lembrou que o trabalho de arquivamento dos exemplares do periódico foi viabilizado devido ao trabalho da Universidade junto aos senadores Fátima Bezerra, Garibaldi Alves e Agripino Maia e aos deputados federais Rafael Motta, Rogério Marinho e Zenaide Maia, por meio de emendas parlamentares. 

Cassiano Arruda Câmara afirmou que não há local melhor para o acervo permanecer do que na UFRN. O jornalista reconheceu que participou da solenidade de doação emocionado por estar depositando o jornal, ao qual se dedicou durante oito anos. “O Novo Jornal significou a realização de um sonho e, do ponto de vista jornalístico, foi o retrato da transição do jornal impresso para a internet”.

Com a cessão do acervo, o material online ficará no repositório do Laboratório de Imagens (Labim) da UFRN, plataforma aberta para consulta, e o acervo físico, em suporte de papel, já está sob a guarda do Laboratório de Restauração e Conservação de Livros e Documentos Históricos (Labre). 

Acervos Jornalísticos
Além do Novo Jornal, que começou a circular em 17 de novembro de 2009 e teve a última edição impressa em 27 de outubro de 2017, a UFRN também é responsável pelo processo de documentação do Diário de Natal, que foi veiculado no período de 18 de setembro de 1939 até 2 de outubro de 2012.
ASCOM-Reitoria/UFRN

Comentários