Pular para o conteúdo principal

ESPORTE| Judoca natalense se classifica para final do Campeonato Paulista

Divulgação|Assessoria.
Por  Tatiana Linhares 

O Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte, Sinpef/RN, é reconhecidamente um celeiro de bons esportistas. Diversos policiais da corporação vêm se destacando nos mais variados esportes, colecionando títulos e envergando incontáveis medalhas em competições em todo o país.  Exatamente por isso, o Sinpef/RN se destaca como um apoiador dos esportes. E isso se reflete não apenas nos policiais que competem, mas no apoio e patrocínio de outros atletas, como é o caso do judoca José Guilherme de Andrade Ferreira Sitonio, de 25 anos.

Natural de Natal, José Guilherme pratica o esporte há 22 anos. Ele conta que começou ainda na escola e que não há uma causa específica para a escolha. Mas parece ter sido acertada! “Compito desde os oito anos de idade e a lista de conquistas é bem grande. Entre as mais importantes estão o bicampeonato sulamericano, o campeonato brasileiro escolar, o vice-campeonato brasileiro e o tetracampeonato do Brasileiro Regional”, relembra.

O judoca destaca que sua busca, como atleta, é chegar à Olimpíadas e o Sinpef/RN é um importante aliado nessa caminhada. “A relação entre eu e o SINPEF já existe há dois anos. O patrocínio deles me possibilita a correr em busca do meu sonho olímpico. São eles que me ajuda com minha moradia em São Paulo, onde treino atualmente”, explica.

No mês de abril, o atleta garantiu sua vaga na final do Campeonato Paulista de Judô. “Existem competições classificatórias para disputar a fase final do Paulista. Quem ganha a competição estadual, representa São Paulo no Campeonato Brasileiro”, explica. O judoca natalense disputou com 15 atletas uma das vagas para a final. “Perdi a semifinal para o campeão, que é um ex-atleta da Seleção Brasileira. Foi uma luta dura, infelizmente errei e ele aproveitou!”, conta.

Ainda assim, José Guilherme garantiu sua vaga na final e já está em ritmo de preparação que se divide em treinos diários com preparação física e técnica. “A competição terá um nível muito alto. O trabalho com a equipe técnica e interdisciplinar, formada por fisioterapia, nutricionista, preparadores físicos e médicos, está voltado para melhor suprir as minhas necessidades. As chances são muito grandes para um resultado positivo!”, conclui.
Assessoria de Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio