Pular para o conteúdo principal

EMPREGOS: Ação do Governo no fomento ao emprego faz resort em Touros abrir 400 vagas


Vila Galé de Touros (divulgação. Fotos Asssecom RN
Mais oportunidades de emprego e renda foram criadas a partir da agilidade do Governo do Estado em liberar licenças ambientais para a instalação de novas empresas no RN. Desta vez, os frutos estão sendo colhidos através da construção do hotel Vila Galé, em Touros, a cerca de 80 km da capital. A nova unidade hoteleira, que faz parte da maior rede de resorts do país está com as obras adiantadas e tem previsão de abertura para setembro de 2018.

Para suprir a demanda do grande empreendimento, a rede abriu 400 vagas de trabalho, distribuídas nos mais diversos departamentos do hotel e incluem posições no setor de alimentação e bebidas, cozinha, padaria, pastelaria, governança, limpeza, almoxarifado, spa, recreação, hospedagem, manutenção, dentre outras. Os interessados deverão cadastrar seu currículo no site da rede Vila Galé http://emprego.vilagale.com/send.

Este é o resultado do esforço de nosso governo em atrair novas empresas para o Rio Grande do Norte. A licença ambiental do empreendimento foi liberada em tempo recorde pela equipe do Idema e também estamos investindo na melhoria da infraestrutura da região. Empreendimentos como esse são importantes para movimentar a economia e turismo do Estado, suprir a demanda por serviços, além de oferecer oportunidades de emprego e renda para a população local”, ressaltou o governador Robinson Faria.

Além desses empregos diretos, as obras estão sendo são executadas por uma construtora potiguar e a maior parte do material é adquirido no comércio do Estado. O hotel, que deverá ser o maior do RN, contará com 514 unidades habitacionais, seis restaurantes, quatro bares, piscinas exteriores e interiores, além de um Centro de Convenções de 2 mil m², com capacidade para até 1.200 pessoas. O investimento da rede é de R$ 150 milhões.

O presidente do grupo Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, explicou que a construção foi possível graças ao apoio e segurança jurídica oferecidos pelo Governo do Estado. “Escolhemos o Rio Grande do Norte porque encontramos melhores condições para implantar o projeto, além de acreditar no grande potencial turístico da região. O estado tem uma beleza única, com paisagens naturais exuberantes”, destacou Almeida.

Ainda de acordo com o presidente, o grupo está priorizando profissionais do município de Touros para trabalhar no resort. “Temos essa preocupação em interagir com a comunidade local. Por isso, pedimos a parceria de instituições para também ajudar na formação dos novos profissionais”.

Sobre o Vila Galé
A rede é um dos principais grupos hoteleiros de Portugal e integra o ranking das 207 maiores empresas hoteleiras no mundo. O Vila Galé de Touros será a 8ª unidade do grupo no Brasil. Ao todo, o grupo possui 27 hotéis, sendo 20 deles em Portugal e sete no Brasil. 
Assecom-RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio