Pular para o conteúdo principal

Semarh prossegue com mobilização social para implantar tecnologias do PAT

Por Ulyana Lima

A Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) continua desenvolvendo o trabalho de mobilização social dos beneficiários do Programa Água Para Todos (PAT), antes e durante a implantação das tecnologias. A meta do PAT aqui no Estado é atender 4500 famílias de 62 municípios com a implantação de 57 barreiros e 145 sistemas simplificados de abastecimento de água.

O Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, explica que a Semarh está finalizando a formações dos Comitês Gestores dos municípios beneficiados. “Essa comissão, formada por representantes da sociedade civil e do Poder Público, indica as comunidades que receberão o benefício em sua cidade”, disse Ivan.

Ontem (06), o Secretário participou de uma reunião para formação do Comitê Gestor Municipal de Tenente Ananias. Na ocasião, foram apresentados detalhes do Programa e discutida a estratégia de atuação da Semarh para implantar as obras de infraestrutura hídrica no município. A prefeita Larissa Rocha, vereadores, representantes de sindicatos e associações também participaram do encontro.

Nos municípios que os comitês já foram formados e as localidades já foram indicadas, a Semarh atua realizando diagnósticos técnicos, ambientais e sociais. Esse trabalho consiste na execução de georreferenciamento, cadastros dos beneficiários, capacitação da comunidade, e na montagem do modelo de gestão.

Na última sexta-feira (03), em Assú, o Secretário realizou visita técnica para analisar a viabilidade de construção de pequenas barragens nas comunidades Riacho, Camelo, Limoeiro e Paulista. A equipe da Semarh, também estava, na cidade, fazendo um levantamento da situação hídrica nas comunidades da zona rural.

Hoje (07), a equipe social se encontra no município de Rafael Fernandes, realizando uma oficina de capacitação, criação de um comitê comunitário e cadastramentos das famílias das comunidades de Tanques de Angicos, Catolé e Lagoa Fernandes.

A Semarh já implantou 28 sistemas simplificados de abastecimento de água, dos 145 previstos, e 20 estão em andamento. Quanto aos barreiros, 19 já estão concluídos e dois estão em andamento, dos 57 previstos. Recentemente, técnicos do Ministério da Integração, realizaram uma visita de acompanhamento e fiscalização do convênio e consideraram que as ações estão sendo muito bem desenvolvidas pelo Governo do Estado, inclusive com inovações. O trabalho de mobilização social e a metodologia usada pela Semarh para montar o modelo de gestão dos sistemas também são referências a nível nacional. 

O “Água para Todos” é um programa voltado para o semiárido nordestino. Pelos convênios assinados o Ministério da Integração e o Governo do Estado, através da Semarh, R$ 23 milhões serão destinados à implantação de sistemas simplificados de abastecimento d'água em comunidades e aglomerados rurais e R$ 3,8 milhões para a construção de barreiros. Dos R$ 23,8 milhões que serão investidos, a contrapartida do Estado é de R$ 1,3 milhões.

Assessoria de Imprensa Semarh

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio