Pular para o conteúdo principal

'Me sinto responsável pela morte de Senna', diz projetista da Red Bull

Reprodução.
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Adrian Newey é um dos projetistas mais conhecidos da F-1. Com passagens pela McLaren e, atualmente, na Red Bull Racing, o britânico era um dos responsáveis para projetar o carro da Williams no ano de 1994, mesmo ano em que Ayrton Senna chegou à escuderia.

Em sua autobiografia, intitulada "Como Construir um Carro", Newey fala sobre a morte do brasileiro. "Me sentirei sempre responsável pela morte de Senna, mas não culpado", disse.

Junto com Patrick Head, diretor técnico da Williams à época, Newey era o encarregado do desenho do carro FW16 dirigido por Senna que, no Grande Prêmio de San Marino, escapou na curva Tamborello devido a uma falha. "Fui um dos altos executivos de uma equipe que desenhou um carro em que um grande homem morreu", admite.

Ele ainda completa: "Não importa se essa coluna de direção causou o acidente ou não, é impossível esquecer que o eixo era uma peça mal desenhada, que nunca deveria ser permitida em um carro".

Nota
Bom, não importar agora isso. Esse projetista fazer essa análise. Naquela oportunidade perdíamos o melhor piloto que o Brasil produziu. Depois de Senna, o Brasil apagou-se na fórmula 1. Não surgiu outro piloto que chegasse se quer a imitar a sombra do que Airton foi.

Depois da morte de Senna perdi o gosto pelo esporte de velocidade. Não voltei mais a acompanhar. Porem, pelos relances que ainda acompanho, muito dificilmente produziremos outro. As categorias de base que o digam.


Além do que, a F1 é um esporte com requintes de cartas marcadas. Se você não for um piloto talentoso mesmo já mais se destacará, ganhará espaço. Os brasileiros atuais que atuam no esporte de velocidade não sabem o que é a palavra talento. Novos e velhos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio