Executivo apodiense se contradiz e prova que problemas dos repasses da APAMI não era prestação de contas

Reprodução.
Após precisar de farta dotação orçamentaria para pagar funcionários do município, executivo abriu seus cofres a maternidade Claudina Pinto após negociação com a câmara. 

Se o exercitativo fez repasses a APAMI sem prestação de contas, provou que o problema dos repasses para APAMI não era a prestação de contas. Mais contradição. 

Hoje (01), o executivo já fez um dos repasses, segundo informações que recebi de uma fonte. A dúvida é: Será que o executivo irá cumprir com sua palavra quanto aos outros repasses?

Mesmo tendo hoje o total domínio da câmara – a exceção da resumida bancada do AVANTE (três vereadores de um total de treze) – acreditamos que sim, o executivo cumprirá o acordo.

A resumida, mas barulhenta bancada da oposição tem importunado muito os interesses do executivo. Ainda os novos integrantes da base do executivo, liderado pelo presidente da casa, têm feito negociações para que essa celeuma toda se resolva. Pelo menos isso. 

Além do que, a população tem marcado em cima nas redes sociais no tocante ao caso da maternidade principalmente, o que tem contribuindo para desgastar sua boa imagem do executivo.

Outro ponto e que até o final de Dezembro, quero acreditar que outros pedidos de dotação virão. Tem que cumprir sim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLICIAL: Acidente na BR 405 centro do Apodi

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

A saga do Prefeito Alan que só quer culpar os outros

Prefeitura descumpre sua parte e ainda não fez repasse a APAMI

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município