Pular para o conteúdo principal

Estudantes potiguares se preparam para o First Lego League

Etapa regional acontece nos dias 17 e 18 de novembro, no ginásio do Sesi de Natal; torneio de robótica envolverá alunos de escolas públicas e privadas 

Prepação First Lego League
Cerca de 200 estudantes do Rio Grande do Norte vão participar da etapa regional do Torneio de Robótica First Lego League, temporada 2017/2018. A competição desperta o interesse de crianças e adolescentes, entre 9 e 16 anos de idade, nas áreas de ciência e tecnologia dentro do ambiente escolar e favorece a descoberta de novas possibilidades de carreira. O evento acontecerá nos dias 17 e 18 de novembro, no ginásio do Serviço Social da Indústria (Sesi-RN) de Natal e envolverá alunos da rede pública e privada de ensino. 

Para fazer bonito na competição que vai definir a equipe campeã estadual e classificá-la para disputar a etapa nacional em abril de 2018 em Curitiba (PR), estudantes dão o gás antes do torneio. Este ano, as provas envolvem o tema “Água”, onde os competidores são desafiados a investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real, os mesmos vivenciados por profissionais como cientistas e engenheiros. Os participantes também são encarregados de programar robôs autônomos com a tecnologia LEGO Mindstorms para cumprir as missões da mesa de competições em até três rounds de dois minutos e meio de duração. Para realizar as tarefas, o robô pode navegar, capturar, transportar, ativar ou entregar objetos. 

Isabela Quirino, de 12 anos, estuda na Escola Estadual Castro Alves, em Lagoa Nova, zona Sul da capital, e participará, pela primeira vez, do Torneio de Robótica por meio do Roboeduc Social, projeto sem fins lucrativos que divulga a ciência e a tecnologia, dentro de um contexto interdisciplinar, aproximando o aluno de baixa renda com foco no desenvolvimento do pensamento computacional, com o ensino de programação e robótica. 

Na Roboeduc – primeira escola de programação e robótica do Brasil – Isabela é tida como a capitã da equipe que vai participar do First Lego League, composta por sete integrantes. Para se dar bem no torneio, o grupo treina quatro vezes na semana, exceto terças-feiras, das 14h às 17h30, onde realizam simulações reais sob a supervisão de dois mediadores. “A cada treino é uma emoção diferente, porque nada poderá dar errado nas apresentações oficiais”, comenta a líder. 

Durante os dois dias torneio, os jovens apresentarão para os juízes o projeto de pesquisa com a solução do desafio-problema. Além de valorizar as áreas de ciência e tecnologia, o First Lego League celebra o trabalho em conjunto, guiadas pelos valores da competição, favorecendo ainda mais o ensino-aprendizado. “Ajudar o outro é a base do trabalho em equipe e é isso que fará com que as competições deem certo”, frisa o líder de processos de educação do Sesi-RN, Anderson Vieira, que também é coordenador regional do Torneio de Robótica.
Ideia Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…