Pular para o conteúdo principal

SEPARAR ESTADO DE GOVERNO(S): Momento histórico brasileiro é propício para a discussão?

Primeira bandeira do Brasil.
Por Bruno Coriolano

Tem gente dizendo que o Brasil está ferrado. No entanto, acho que é o melhor momento de ensinar a importância de saber separar o Estado de governo(s).

Esta mesma gente acha que o Brasil está ruim porque o PT vai desmoronar de vez (o PSDB já foi) e que agora nenhum político presta - aquela velha justificativa que todos conhecemos e quase ninguém engole mais.

O PT teve a chance de mudar o país, mas a desperdiçou. Fazer o que!? Caíram exatamente no buraco que diziam combater. Não há justificativa para o aparelhamento do Estado Brasileiro (governo é uma coisa, Estado é outra). Não existe "rouba, mas faz". Ninguém tem o direito de roubar dos brasileiros, em nenhuma hipótese.

E o Estado brasileiro? Está indo junto com os partidos que acabaram com ele, exatamente por não termos a divisão.

Os governos poderiam até cair, mas o Estado brasileiro deveria continuar forte e representado. Foi assim que pensaram os suecos, noruegueses, japoneses, britânicos, belgas, espanhóis, holandeses, dinamarqueses, que vivem naquelas monarquias constitucionais parlamentaristas. Os seus cidadãos podem até errar em legitimar governos inúteis que precisam cair, mas seus Estados continuam firmes e bem representados, além de representarem as maiores democracias consolidadas do planeta Terra. (o curioso é que tais países apresentam mais princípios republicanos do que as próprias repúblicas da América Latina).

Se deixarem, os brasileiros terão sua última chance em 2018. Como mudar o país? A primeira coisa a ser feita, acredito eu, é não reelegendo absolutamente NINGUÉM. É possível, mas aí é esperar coragem e sabedoria da nação toda. Opções teremos, isto eu garanto!

O historiador Yuval Noah Harari nos ensina o caminho: "A história é modelada por pequenos grupos de inovadores que olham para a frente e não por massas que olham para trás".

(Não tenha medo de expor suas opiniões. Você é livre para pensar!)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

DESCENTRALIZAÇÃO: Apodi tem a gestão mais descentralizada da história

Imagine o tipo de gestão engessada, onde para comprar até uma caixa de fósforo, você teria que esperar um tempão até a liberação da parte de um chefe subalterno ao gestor maior. Uma situação assim trava o andamento de uma gestão e atrasa as atividades dos que dela fazem parte. E tudo reflete na insatisfação do povo.Observando essa possibilidade, o gestor Alan Silveira, atual prefeito do Apodi, vez justamente o oposto. Apodi tem a gestão mais descentralizada de sua história. As atribuições são dadas pelo gestor maior. São dadas condições para que secretários, subsecretários ou responsáveis façam sua parte. E, a partir daí a coisa anda, flui. Com a descentralização, ganha-se também em autonomia e rapidez na tomada de decisão. Isso é possível porque os processos se tornam menos engessados e a necessidade de aprovação direta é menor, passando a ser importante apenas em situações estratégicas e urgentes.E o gestor? Confia nos seus e apenas administra as situações, ficando livre para um ate…

CIÊNCIAS: Vale apensa saber - Por que as minhocas saem para fora da terra em tempos de chuva?

Apesar de ser indispensável à sobrevivência das minhocas, a umidade no ambiente deve ter certo equilíbrio.

Matéria relacionada:
CIÊNCIAS – VALE APENA SABER: Como as minhocas se reproduzem?

Quando o solo está encharcado demais por causa de chuvas, elas acabam abandonando suas galerias em busca de oxigênio. O excesso de água no solo diminui o oxigênio presente no mesmo dificultando a respiração das minhocas.

Ai, agora você sabe por que em tempos de chuva é fácil encontrar minhocas fora da terra.

VACINA: Oxford tem tido "resposta imune correta" em vacina, diz cientista

Sarah Gilbert, professora de vacinologia, afirmou que o estudo recrutou 8 mil voluntários para a fase 3 de testes do potencial imunizante contra a covid-19(Portal R7) – Uma das cientistas por trás do potencial vacina para covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, disse nesta quarta-feira (1º) que a equipe tem obtido o tipo certo de resposta imune em testes, que entraram no estágio clínico de fase 3. Falando em uma audiência parlamentar, Sarah Gilbert, professora de vacinologia da universidade, afirmou que o estudo recrutou 8 mil voluntários para a fase 3 de seu teste da vacina AZD1222, que foi licenciada para a AstraZeneca.A pesquisadora acrescentou que não poderia apresentar um cronograma sobre quando a vacina pode estar pronta, pois a previsão depende dos resultados do ensaio.Brasil assina acordo para produzir vacinaO governo federal assinou no sábado (27) um acordo para produzir no Brasil vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em p…

30 DE JUNHO: Alan Silveira “Mês de grandes conquistas e realizações de sonhos para o povo de Apodi”

Em suas redes sociais, gestor Alan Silveira, prefeito do Apodi, celebrou Dia 30 de junho como sendo de grandes conquistas de uma gestão que trabalha para o povo. “Um dia marcante para o Apodi. Nesta data, em 2018, nossa gestão inaugurava um dos maiores sonhos do Distrito de Melancias. A Escola Raimunda Florêncio de Oliveira, mais de R$ 400 mil reais investidos com recursos próprios”, lembrou.“E ontem, dia 30 de junho de 2020, inauguramos o novo Centro de Saúde - Dr. José da Silveira Pinto, obra com quase R$ 700mil reais investidos, entre recursos próprios e federal. Mais que duas obras, uma realização de dois sonhos”, enfatizou.“Dia 30 de junho marca, portanto, grandes conquistas de uma gestão que trabalha para o povo”, celebrou o gestor.