UFRN recebe proposta de parceria com município de Campo Grande

Por Marina Gadelha

Parcerias para educação ambiental foram discutidas nesta quinta-feira, 03, entre representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da prefeitura do município de Campo Grande e do Instituto Gentil, que realiza um projeto social na região do médio oeste potiguar.  A ideia é transformar Campo Grande em “uma referência na preservação do bioma da caatinga”, explicou o fundador do instituto, Antônio Gentil.

A pró-reitora de Extensão da UFRN, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, ressaltou a importância da iniciativa em virtude da ameaça de desertificação da caatinga, bioma presente em mais de 80% do Rio Grande do Norte. “O Estado possui pequenas unidades de conservação, mas é preciso fazer mais para superar o problema”, citou. A reunião também despertou ideias para ações junto ao Instituto Metrópole Digital (IMD) e à Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), com foco em incubação de empresas e descoberta de jovens talentos no município.

O conhecimento transforma e multiplica, por isso queremos contribuir para a consolidação dos projetos em Campo Grande”, afirmou a reitora, Angela Maria Paiva Cruz, que sugeriu a formalização da parceria que será discutida com a Secretaria de Gestão de Projetos (SGP) da UFRN.

ASCOM – Reitoria/UFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!