Semarh e Caern planejam ações para melhorar o abastecimento na Serra de Santana

Reunião Semarh e Caern. Foto: Assessoria.
Por Ulyana Lima 

Uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira (4), na Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) discutiu a situação de abastecimento de comunidades rurais abastecidas pela adutora da Serra de Santana.

O encontro, que foi um desdobramento de uma audiência pública realizada, na última quarta (02), no município de Lagoa Nova, foi coordenado pelo Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, e contou com a presença do Presidente da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), Marcelo Toscano, o Prefeito de Bodó e Presidente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento da Serra de Santana (Conisa), Marcelo Filho, representantes de associações de moradores e técnicos da Companhia.

Na oportunidade, a Caern apresentou o Plano original de Abastecimento da adutora Serra de Santana e a atual situação do sistema. Também foram discutidas diversas ações necessárias para otimizar a distribuição de água, como um trabalho de educação ambiental sobre uso racional, conserto de tubulação, reservatórios e hidrômetros, fiscalização de ligações irregulares e revisão da tarifa cobrada.

Um dos encaminhamentos do encontro foi a elaboração de um novo plano, pela Caern, que vai definir e separar o abastecimento pelas sete cidades da Serra de Santana. Ele será apresentado na próxima reunião, marcada para o próximo dia 15.

A companhia também vai elaborar um diagnóstico contendo uma avaliação dos sistemas de distribuição que atendem as comunidades, levando em consideração todas as ramificações que foram desenvolvidas, sem projetos, para ampliar o abastecimento na zona rural. Para realização desse diagnóstico, as prefeituras da Serra de Santana entregarão um levantamento topográfico de cada comunidade que tem rede de abastecimento.

Também participaram da reunião representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetarn), Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos comunitários (Seapac) e vereadores.
Assessoria de Imprensa da SEMARH 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!