Pular para o conteúdo principal

GESTÃO: Pró-Reitor de Administração do IFRN fala sobre os desafios de gerenciar a Instituição

Entre os temas da entrevista, Juscelino Cardoso fala sobre contingenciamento orçamentário

Foto: Alberto Medeiros. Juscelino Cardoso.

Por Cleyton Fernandes

Pró-reitor de Administração desde 2011, Juscelino Cardoso de Medeiros é contador de formação, mestre em administração e já foi coordenador de Finanças, coordenador de Contabilidade, gerente de Manutenção, diretor de Administração e assessor de Planejamento no Instituto Federal do Rio Grande do Norte.  De uma família de 11 irmãos, todos nascidos em Marcelino Vieira, Alto-Oeste Potiguar, Juscelino chegou a Natal há quase 40 anos, para estudar e trabalhar.

No IFRN desde de 1984, ingressou no serviço público federal através de concurso público na antiga Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte - EFTN, para a função agente administrativo. Para saber mais sobre as atividades da Proad, conversamos com o Pró-reitor. Na entrevista, publicada abaixo, Juscelino falou sobre dedicação à instituição, desafios da gestão atual e sobre a situação orçamentária e financeira do Instituto.

Dados sobre o IFRN hoje: recursos e contingenciamento
A nossa instituição, como as demais instituições de ensino no país inteiro, teve um momento de muita expansão e crescimento: passamos de duas unidades para 21. Somos, inclusive, o único Instituto do Brasil que aproveitou e cumpriu todas as etapas de expansão das unidades físicas. Houve um momento no qual construímos, ao mesmo tempo, seis campi no Rio Grande do Norte.

Isso na época em que havia muitos recursos orçamentários e poucos recursos humanos para tocar essa expansão. Hoje, a realidade orçamentária é outra. Se analisarmos os números dos nossos orçamentos de 2014 a 2017, é possível verificar que 2014 o orçamento de custeio e capital para a nossa unidade foi de R$ 85.359.939,00 (oitenta e cinco milhões, trezentos e cinquenta e nove mil e novecentos e trinta e nove reais), para o ano de 2015, tivemos um montante de R$ 108.205.482,00 (cento e oito milhões, duzentos e cinco mil e quatrocentos e dois reais), um crescimento de R$ 22.845.543,00 (vinte e dois milhões, oitocentos e quarenta e cinco mil e quinhentos e quarenta e três reais), para o ano 2016, tivemos o montante de R$ 98.953.719,00 (noventa e oito milhões, novecentos e cinquenta e três mil e setecentos e dezenove reais), uma redução da ordem de R$ 9.251.763,00 (nove milhões, duzentos e cinquenta e um mil e setecentos e sessenta e três reais) e para o ano de 2017, tivemos o montante de R$ 96.023.788,00 (noventa e três milhões, vinte e três mil e setecentos e oitenta e oito reais), mais uma redução de R$ 2.929.931,00 (dois milhões, novecentos e vinte e nove mil e novecentos e trinta e um real), ou seja, estamos com o orçamento praticamente de 2014, se aplicarmos apenas a redução da inflação, considerando que nossas atividades, despesas e números de contratos cresceram bastante, considerando ainda que em 2014 tínhamos apenas 16 unidades. CONTINUE LENDO...
Comunicação Social e Eventos
Reitoria | IFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio