Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

Reprodução. Ex-prefeito do Apodi Zé Maria anunciou
rompimento da parceria com o grupo do PCdoB.
A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.

Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”, afirmou de maneira incisiva.

O ex-prefeito ainda relatou os cargos do governo em Apodi e afirmou que o seu partido, o PSD, não está contemplado. “Deixo claro, que não se trata de queda de braço por cargos, até por que, os cargos estão divididos entre os partidos. O Hospital - PCdoB; DIRED – PcdoB; Central cidadão – AVANTE; Casa de cultura – AVANTE. O PSD não tem nenhuma direção e nunca reivindiquei em prol da unidade da oposição”, esclareceu.

O presidente do PSD local ainda nos explicou que quando veio à exoneração de Leandro Maia, imaginou que era momento da indicação ser do PSD. Ele nos contou que todos os vereadores de oposição foram favoráveis, porém a liderança do PCdoB não aceitou aí foi por trás e indicou o cargo. “Em outros momentos aconteceram outras atitudes semelhantes, tudo tem limites, por isso, não dá mais pra continuar ao lado de alguns membros que permanecem com as mesmas atitudes”, afirmou.

Zé Maria ainda enfatizou que até os vereadores do PCdoB, Chico de Marinete e Genivan, assim como o ex-diretor Leandro Maia sempre combateram essas atitudes dentro do partido, porém sempre eram vencidos por outros membros mais influentes.

O ex-prefeito disse que aguentou muitas coisas calados ao longo de tanto tempo. “Aconteceram muitas coisas desagradáveis ao longo desses anos que suportamos, mas agora não dá mais”, concluiu.

Zé Maria esteve ao lado do PCdoB fazendo parceria nas campanhas de 2008, quando o grupo foi derrotado para prefeitura do Apodi; em 2010, na campanha para deputado apoiando o PCdoB; em 2012 na vitoriosa campanha a prefeitura do Apodi e, no último pleito para prefeitura em 2016, quando se tentou a reeleição, sem êxito.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!