Pular para o conteúdo principal

Projeto ‘Meu Cantinho de Leitura’ beneficia mais 10 CMEIs de Natal

Crédito das fotos: Juliana Manzano.
Por Juliana Manzano

Lançado em março deste ano, o “Meu Cantinho de Leitura” novo projeto do mandato da vereadora Professora Eleika, chegou à segunda etapa na manhã desta quarta-feira (26), beneficiando mais Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da capital. A ação vem sendo executada, gradativamente, as 74 unidades de Educação Infantil do Município com recursos financeiros provenientes da doação de salário da parlamentar.

O projeto consiste na entrega de um kit de leitura com materiais como estante, livros, tapete, almofadas e quadro para que se crie um ambiente de leitura nos CMEIs. Nesta manhã, a entrega foi realizada no CMEI Professora Carla Aparecida Albernaz Bandeira (antigo CMEI Wilma de Faria), localizado no bairro de Morro Branco. Na ocasião, as crianças da unidade fizeram apresentações musicais e culturais.

Segundo a vereadora Professora Eleika, este projeto visa incentivar e estimular a leitura desde os primeiros meses de vida. “A leitura é fundamental em qualquer faixa etária e na Educação Infantil não é diferente. Por isso, realizamos este projeto. Aqui neste CMEI, em especial, fomos surpreendidas muito positivamente com apresentações das crianças e uma criatividade impressionante das colegas professoras”, afirma a parlamentar, acrescentando que o preocupante, porém, é que o Munícipio precisa atender um número muito maior de crianças na faixa de Educação Infantil.

Gestora administrativa financeira do CMEI, Elilia Fernandes, ressalta que a unidade possui um projeto de leitura desenvolvido em parceria com os pais. “Na Educação Infantil nós já temos uma prática de leitura, temos o desejo de despertar crianças leitoras e, por isso, temos aqui um projeto chamado ‘Família e CMEI: lendo para uma criança’. Então, este kit vem somar com o que a gente já faz. Essa prática leitora de estar com os livros, de ter esse contato, independente de ter domínio ou não da leitura convencional, é muito importante. A Educação Infantil é a aquisição da prática de bons leitores”.

Além do CMEI Professora Carla Aparecida Albernaz Bandeira, também estão sendo beneficiados nesta etapa do Projeto os CMEIs: Vilma Teixeira Dourado (zona sul), Marluce Carlos de Melo (zona norte), Padre Sabino Gentille (zona norte), José Alves Sobrinho (zona leste), Professora Maria Eunice Dawin (zona sul), Professora Libanea Medeiros (zona sul), Moema Tinoco (zona sul), Professora Itacira Bento (zona oeste), Stella Lopes (zona norte).

Assessora de Comunicação Vereadora Eleika

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio