Pular para o conteúdo principal

Jovens usam documentos de idosos para fraudar direito à meia entrada em corridas de rua

Foto: Assessoria ideia
Organizadores de corridas de rua constataram que jovens estão utilizando documentos de idosos para fraudar o direito da meia entrada no momento da inscrição das competições. Essas pessoas têm agido dessa forma para usufruir do direito conquistado no Estatuto do Idoso, que assegura o desconto de 50% no pagamento de ingressos para eventos em geral a pessoas a partir dos 60 anos de idade. Tal irregularidade tem sido acompanhada com a ajuda da tecnologia, por meio de mecanismos criados pelas empresas organizadoras para tentar coibir fraudes.

Em época de início de inscrições para a 4ª edição da Meia Maratona do Sol, a organização já identificou mais de 80 pessoas inscritas como idosos. A organização da competição já está averiguando se, de fato, esses corredores têm realmente mais de 60 anos de idade para poder se beneficiar do direito à meia entrada.

Para coibir esse tipo de fraude, a partir de agora, além de comprovar a 'maioridade' no momento de inscrição, o atleta idoso também terá que apresentar documento comprovando sua faixa etária no ato do recebimento do kit, como também no dia da prova para poder ter acesso à largada. O número de peito dos idosos será caracterizado de forma diferenciada para auxiliar a arbitragem a identificar as fraudes e, ainda assim, durante a competição, os atletas que forem flagrados cometendo a irregularidade poderão responder a processo criminal.

Na Corrida Soldados do Fogo, que ocorreu no início de julho, a irregularidade foi constatada em fotos. Em 2016, 50 pessoas se inscreveram como idosas na competição; em 2017, mais de 200 corredores declararam se enquadrar no perfil, sendo que mais de 80 foram identificados como fraude e inclusive serão notificados judicialmente, de forma individual. A mesma situação ocorreu de forma semelhante na Corrida Miranda e no Circuito de Corridas Farmácias Pague Menos.

A coordenação jurídica da corrida está entrando em contato com os participantes que se inscreveram irregularmente, realizando a confirmação dos dados, para evitar que pessoas, incluindo idosos 'reais' sintam-se prejudicadas”, afirma Nivaldo Pereira, um dos organizadores da Meia do Sol. Nesse sentido, a organização da corrida pretende regularizar a situação caso a caso.

Outro detalhe importante relativo ao uso de dados corretos e pessoais no momento da inscrição é que o atleta fica assegurado pelo seguro de vida contratado pela prova. Em caso de necessidade de atendimento médico de urgência e emergência, o atleta é direcionado em ambulância para hospital particular credenciado pela corrida. “Caso o atleta precise de atendimento e seus dados não sejam os que ele cadastrou no momento da inscrição, ele perde o direito a esse atendimento, o que gera um transtorno sem tamanho para a pessoa”, complementa Nivaldo.

Enviado por Ideia comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E Alanzinho inaugura a primeira grande obra do seu governo

Uma vez a praça pronta - a parte mais difícil, diga-se de passagem - um parque viria complementar tão grandiosa obra.
A bacurauzada (como é conhecida a militância do PMDB por aqui) do Apodi vai, hoje (21), esquecer a praça, se regozijar e irá focar todo seu olhar, carinho e atenção no parque. Muito bonito, por sinal. Com certeza garantia de muitos sorrisos nos rostos das crianças daqui para frente. 
O Governo Alan Silveira (Alanzinho - como é carinhosamente chamado), inaugurará o parquezinho infantil da praça no dia de hoje. A primeira obra do seu governo. Muito bom para início. Vão logo começando a contar, temos certeza que muitas outras virão. Parabéns prefeito.

Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.
Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganh…

POLICIAL: Assalto no sitio Santa Cruz

Hoje (07), pela manhã, um assalto foi registrado no Sítio Santa Cruz, zona rural do Apodi.
Dois jovens estava visitando o sítio e tiveram sua moto Honda/CG 125 FAN KS, Placa NNZ6574 de cor vermelha, Apodi subtraída quando retornavam à cidade. 

Segundo informações, os assaltantes não exibiram armas, só insinuaram que estavam armados botando a mão no bolso. Quem tiver informações da moto com as credenciais acima acionar a polícia.