Pular para o conteúdo principal

CIDADES: Famílias assinam contratos para realização do sonho da casa própria em Upanema

A manhã desta terça-feira (11) foi de realização de sonhos para 40 famílias de Upanema. Elas assinaram os contratos para terem acesso à casa própria. As famílias foram reunidas na Secretaria Municipal da Assistência Social e comemoraram a oportunidade criada pela Prefeitura de Upanema para que elas tenham o próprio lar.

Entre as famílias beneficiadas o sentimento foi de agradecimento. “Eu quero agradecer a gestão do prefeito Luiz Jairo por possibilitar que famílias carentes possam sair do aluguel e conquistar a casa própria. Todas as famílias que estão aqui são merecedoras. Muito obrigado a Luiz Jairo e toda a equipe por ter ido buscar meios para realizar nossos sonhos”, declarou a dona de casa Wiliane Aquino.

Pai de dois filhos pequenos, de 4 e 6 anos, Fernando Hallyson destacou a importância da casa própria para a sua família. “É uma conquista muito importante na minha vida. Casei aos 16 anos e, desde então, pago aluguel. Agradeço ao prefeito e a todos que contribuíram para essa benção em minha vida”, ressaltou.

A obra das 40 casas já está em andamento e trata-se de uma ação através do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH), que tem o objetivo de viabilizar a aquisição e/ou produção de casas populares para a população de baixa renda. O PSH é uma ação do Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades, com contrapartida do município e executado através do Banco Paulista.

Anteriormente, o prefeito Luiz Jairo destacou que a arrecadação própria do município está possibilitando a realização do sonho da casa própria de 40 famílias carentes. “É uma grande satisfação poder contribuir para reduzir o grande déficit habitacional do município. Upanema é um dos municípios que mais cresce na região e, com isso, o déficit habitacional também aumenta. Ficamos felizes em fazer esses investimentos com uma contrapartida significativa do município”, ressaltou.

O ato de assinatura dos contratos contou com a participação dos secretários municipais Givanilson Gonçalves (Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano) e Alana Aretha (Assistência Social).
Prefeitura Municipal de Upanema

Coordenadoria de Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio