Pular para o conteúdo principal

APODI: Vereador Gilvan Alves quer prestação de contas da reitoria sobre aplicação de recursos do campus da UERN

Com relação à possível liberação de recursos anunciada pelo tal do senador Agripino Maia para o campus da UERN/Apodi, Gilvan Alves nos comunicou que, caso venha se confirmar a liberação, será uma notícia para nós.

Entanto, o edil informou ainda que independente disso, a sociedade e a classe política do Apodi tem que se reunir e ir conversar com o reitor da UERN.

Gilvan Alves lembra que foi investido R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) na obra e na opinião do vereador da rede AVANTE/Apodi, o reitor tem que fazer uma prestação de contas.

Será que isso foi investido todo na estrutura do campus do Apodi? Ainda tem dinheiro em conta? Eu passando ali em frente ao canteiro de obras só se ver alicerceares” explicou. “Temos que ir conversar com o reitor Pedro Fernandes por que possa ser que possa ser alocados mais recursos para o campus da UERN e, automaticamente, seja utilizado esse recurso para o campus central”, Pontuou.

O vereador ainda lembrou que caso saia o recurso, o reitor da UERN precisa ser questionado pela sociedade e pela classe política apodiense onde e como teria sido aplicado o primeiro recuso e como seria o cronograma de aplicação para esse possível recurso.

O vereador nos afirmou que questionar será a palavra de ordem com esse recurso para o campus do Apodi.

É. Pois é né? Coisa complicada. Não devemos esquecer que esses recursos para a construção do campus do Apodi é administrado pelo campus central da UERN/Mossoró.

Comentários

  1. Professor porque o tal senador agripino, cade o pt ficaram 13 anos e nao fizeram nada de bom , só mentiras e doutrinando pessoas pra repetir mentiras, já o golpista como dizem os militontos petistas conseguiu a liberaçao do mec, quando digo que o pt é só lero lero me diz uma obra que o pt terminou no brasil nao vale estádios pra copa e olimpíadas, nao entendo esta dependencia de meus conterraneos pra nao fez nada a nao ser desviar dinheiro publico pra familiares amigos e ditadores e amigos empresários. A populaçao de Apodi tem que reconhecer que se nao fizeram a uern foi porque nao quiseram dinheiro tinha torço pra agora saia do papel a uern que quando os petistas chegarem a cidade tem que ser vaiado e chamados de mentirosos , tomara que nunca voltem ao poder se nao seremos uma nova venezuela parabéns ao ministro mendonaç filho e agripino os golpistas que na verdade fizeram um bem enorme ao cassar a dilma que destruiu o pias.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio