Rodrigo Maia quer botar logo denuncia da PGR contra Temer em votação para ser reprovada

Reprodução.
Como temer tem maioria total na câmara dos deputados, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu nesta quinta-feira (15) a possibilidade de suspender o recesso parlamentar, que constitucionalmente começa no dia 18 de julho, para que a Casa vote a denúncia que a PGR (Procuradoria-Geral da República) deve apresentar contra o presidente Michel Temer nos próximos dias.

Seriam necessário 2/3 do voto dos deputados para acontecer a aprovação da denuncia da procuradoria. Denuncia não passará. Câmara brindará Temer. 

Lembrando que essa mesma câmara cassou Dilma por causa de pedaladas fiscais.

Temer não. A situação é bem mais grave. Gravação dele se corrompendo, provas irrefutáveis para tudo que é lado mais isso não será provas suficiente para denuncia do procurador passar.


A política e a forma como as coisas estão caminhando na política desse país é um absurdo meus amigos do blog do Toinho. É muita pilantragem. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS É CRIME E USO DA MÁ FÉ NA GESTÃO PÚBLICA

“Esse Prefeito é incapaz de administrar até uma bodega”. Nilson de João Lucas, agosto de 2013

DENUNCIA GRAVE CONTRA O PREFEITO É PROTOCOLADA