Prefeito Alan cede imóvel para funcionar Museu do Índio de Apodi

Foto: Assessoria.
Por Josemário Alves

Ter um lugar adequado para receber os visitantes e guardar nossas peças líticas é um sonho realizado”. A afirmação da apodiense e coordenadora do Centro Histórico-Cultural Tapuia Paiacus da Lagoa do Apodi, Lúcia Tavares, representa o sentimento de dever cumprido na busca pela sede do Museu do Índio de Apodi.

Há cerca de dez anos, ela abraçou a luta pelo resgate da história do município através do estudo sobre os índios Tapiuas-Paiacus, primeiros habitantes das terras apodienses. Lúcia é auto afirmada como descendente indígena.

Sabendo disso, o prefeito Alan Silveira assinou o termo de concessão de um imóvel, às margens da lagoa, para que o Centro Histórico abra o tão sonhado Museu do índio, intitulado de Luiza Cantofa. A assinatura aconteceu nesta quinta-feira (22), no Gabinete Civil.

Reconhecemos a luta dessa grande mulher em manter viva a história do povo de Apodi. Nós, como gestores, não poderíamos deixar de contribuir, pois somos todos descendentes desse povo guerreiro, que foi os Tapuias Paiacus”, comentou.

A concessão do imóvel será válida por dez anos e poderá ser prorrogada. O Centro Histórico será responsável pela manutenção do prédio, como por exemplo, higiene, limpeza e vigilância.

O museu abrigará peças líticas raras que, um dia, pertenceram aos primeiros Tapuias. Todas elas foram encontradas e guardadas cuidadosamente pela própria Lúcia Tavares, ao longo dos dez anos.

Sem dúvida, esse documento é importantíssimo para a nossa luta. Enfim, teremos nosso museu”, concluiu Lúcia.
Assessoria de Comunicação Integrada

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água