Pular para o conteúdo principal

OPINIÃO: Algumas certezas que ficam nessa situação de instabilidade política que se apoderou do Brasil

Primeiro: Estamos vivendo toda essa instabilidade politica por que o PSDB e seus aliados se recusaram a aceitar resultado das urnas no Pleito de 2014. Foi o estopim de tudo. Coisa terrível.  Não há mais duvida. Golpe. Muito bem disfarçado. Mas é. 

Segundo: Pode haver a prova que houver, em qualquer decisão nas nossas instâncias da justiça superior, esquerda sempre levará desvantagem. Os juízes não estão observando a constituição ou provas e sim as brechas da lei. Por sinal, criadas para beneficiar políticos vagabundas.

Terceiro: A vontade do povo nas urnas é fantasia. No atual estágio da nossa “democracia”, a vontade do povo ficará em último lugar.

Quarto: Não voto em PT. Já votei. Não mais. Tem gente que defende: “PT roubou, mais ajudou o povo”. Repudio essa forma de pensamento. A que duras penas aos nossos cofres essa ajuda ao povo?

Matéria relacionada:
EM CHEIO: Blog acertou em cheio placar do julgamento da chapa Dilma/Temer antecipadamente.

Já me matei pelo PT, hoje não mais. Não é assim que se deve fazer para manter o pode. O PT precisa ser reinventado para me reconquistar. Não estou aqui querendo proliferar ideologia de Globo ou classe burguesa. É um pensamento meu. O PT desfalcou esse país de forma triste e, o pior, para se manter no poder rateou instancias e estatais e liberou geral para aliados pilhar a vontade.

Ainda, não estou aqui defendendo esquerda. Só estou tentando mostrar que não existe mais democracia nessa nação. Estamos definitivamente vivendo um estado de exceção.

Qualquer partido que se mostrar a favor do proletariado, não governará mais em paz na república desse país, mesmo que venha a ganhar nas urnas. Esses partidos de direita não permitirão.

Estão por donos da grande mídia que faz a cabeça do povo e o pior, estão com as instância que tem o poder de decisão final na mão. De uma forma ou de outra a vontade deles é que prevalecerá

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faleceu a jovem Ellaine Torres

Ellaine Torres se foi... Perdeu a luta para sua enfermidade. Foi uma guerreira. Resistiu enquanto pode. Não deu. Muito jovem, deixa filhinha, familiares e um mundo de amigos órfãos.
Muito triste para todos nós a perda de uma pessoa do bem e que tinha uma vida inteira pela frente.
Que Deus possa nos conceder o conforto. O sepultamento de Ellaine Torres será às 16 horas, no cemitério parque saudade.
Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida Senhor. Salmos 119:50”.

E Alanzinho inaugura a primeira grande obra do seu governo

Uma vez a praça pronta - a parte mais difícil, diga-se de passagem - um parque viria complementar tão grandiosa obra.
A bacurauzada (como é conhecida a militância do PMDB por aqui) do Apodi vai, hoje (21), esquecer a praça, se regozijar e irá focar todo seu olhar, carinho e atenção no parque. Muito bonito, por sinal. Com certeza garantia de muitos sorrisos nos rostos das crianças daqui para frente. 
O Governo Alan Silveira (Alanzinho - como é carinhosamente chamado), inaugurará o parquezinho infantil da praça no dia de hoje. A primeira obra do seu governo. Muito bom para início. Vão logo começando a contar, temos certeza que muitas outras virão. Parabéns prefeito.

Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.
Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganh…