Pular para o conteúdo principal

Empresa de rádio e empresário são condenados por ofensa a ex-prefeito de Apodi

Foto: Reprodução.
O juiz de direito substituto, Eduardo Neri Negreiros, da Comarca de Apodi, condenou a Associação Comunitária de Comunicação Cultural de Apodi - Rádio FM Cidade 87,9 e Klinger Péricles Pinto Diniz, solidariamente, no pagamento de R$ 10 mil ao prefeito do município, José Pinheiro Bezerra, à título de danos morais, acrescidos de juros de mora e correção monetária, por terem feito divulgação de informações supostamente ofensivas à honra dele em programa de rádio.

O autor alegou que, na condição de prefeito do Município de Apodi, vem tendo sua honra atacada por acusações infundadas e inverídicas sobre sua pessoa, em decorrência de práticas difamatórias perpetradas por. Klinger Diniz em programa denominado "A Hora do Povo", da Rádio Cidade de Apodi, apresentado por Fábio Soares.

Argumentou que os réus seriam adversários políticos que se valem da alta audiência do programa para ofender sua honra, atribuindo-lhe falsamente condutas caluniosas e difamatórias que teria ultrapassado os limites da liberdade de expressão. Em virtude disto, buscou a justiça pedindo compensação por danos morais.

Já a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Apodi (Rádio FM Cidade – 87.9), alegou que o então diretor da emissora, Marcos Robério Morais de Carvalho não seria parte legítima para figurar como réu na ação, e, no mérito, ambos os réus pediram pela improcedência do pedido, vez que as informações divulgadas estariam dentro dos limites do exercício da liberdade de expressão e crítica aos gestores públicos.

Decisão
O magistrado entendeu que a argumentação de ilegitimidade do então diretor da rádio, não se sustenta, posto que sequer é parte no processo, tendo sido indicado tão somente como representante legal da emissora Rádio FM 87,9, não sendo cabível nem necessário afastar a legitimidade de terceiro que sequer compõe a relação processual.

Ele considerou que, em relação ao conteúdo dos áudios dos programas de rádio constantes em CD's, os réus não ofereceram nenhuma contra-argumentação nem contestaram sua exatidão, motivo pelo qual tem-se como incontroversos os diálogos de Klinger Péricles Pinto Diniz com o apresentador do programa "A Hora do Povo", veiculados pela Rádio FM Cidade 87,9.

Com base na jurisprudência em torno da matéria, o juiz constatou que tais afirmações ultrapassam o limite da liberdade de expressão e pensamento, bem como o direito dos cidadãos de criticarem os agentes políticos detentores de mandatos eletivos.

Num Estado de Direito, divergências político- ideológicas e opções político-partidárias são essenciais para o amadurecimento da democracia, entretanto, não podem servir de suporte para agredir a honra dos adversários, cujos debates não devem sair da arena das ideias”, comentou.

E complementou: “É cediço que os agentes políticos, sobretudo os detentores de cargos eletivos, estão submetidos ao crivo da crítica e da opinião pública. Entretanto, o exercício da liberdade de imprensa e manifestação do pensamento não pode invadir a esfera dos direitos de personalidade, ainda que se trata de pessoa pública, ligada à política, posto que estas pessoas politicamente expostas não deixam de ser titulares dos direitos da personalidade”, finalizou.

Processo nº 0001369-11.2007.8.20.0112 - Indenização por Danos Morais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E Alanzinho inaugura a primeira grande obra do seu governo

Uma vez a praça pronta - a parte mais difícil, diga-se de passagem - um parque viria complementar tão grandiosa obra.
A bacurauzada (como é conhecida a militância do PMDB por aqui) do Apodi vai, hoje (21), esquecer a praça, se regozijar e irá focar todo seu olhar, carinho e atenção no parque. Muito bonito, por sinal. Com certeza garantia de muitos sorrisos nos rostos das crianças daqui para frente. 
O Governo Alan Silveira (Alanzinho - como é carinhosamente chamado), inaugurará o parquezinho infantil da praça no dia de hoje. A primeira obra do seu governo. Muito bom para início. Vão logo começando a contar, temos certeza que muitas outras virão. Parabéns prefeito.

Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.
Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganh…

POLICIAL: Assalto no sitio Santa Cruz

Hoje (07), pela manhã, um assalto foi registrado no Sítio Santa Cruz, zona rural do Apodi.
Dois jovens estava visitando o sítio e tiveram sua moto Honda/CG 125 FAN KS, Placa NNZ6574 de cor vermelha, Apodi subtraída quando retornavam à cidade. 

Segundo informações, os assaltantes não exibiram armas, só insinuaram que estavam armados botando a mão no bolso. Quem tiver informações da moto com as credenciais acima acionar a polícia.