NEGADO: Queixa-crime de Temer contra Joesley Batista por calúnia é rejeitada

Reprodução.
A Justiça Federal em Brasília rejeitou nesta terça-feira a queixa-crime apresentada pelo presidente Michel Temer para abrir uma ação por calúnia, injúria e difamação contra o empresário Joesley Batista que, em entrevista à revista Época no final de semana, chamou-o de "chefe de organização criminosa".

"O inequívoco intento do querelado (Joesley) é o de corroborar as declarações que prestou ao Ministério Público Federal, as quais, se confirmadas, indicam o cometimento de crimes pelo ora querelante (Temer)", disse o magistrado Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal do Distrito Federal.

"Patente, por conseguinte, a atipicidade das condutas narradas (calúnia, difamação e injúria) e a ausência de justa causa para se instaurar a ação criminal, fato que impõe a rejeição da queixa-crime", concluiu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROCESSO ARQUIVADO: Nada de irregularidades com a APAMI

Os maiores açudes do Nordeste

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

CELEBRIDADES: A mãe do filho de Neymar, bonita e bem paga

Secretaria de assistência social do município do Apodi afirmou que despesas do CRAS impedem festa das crianças