Pular para o conteúdo principal

'Maior gato do mundo' viraliza e espera por recorde mundial na Austrália

Reprodução. 
Omar tinha o mesmo tamanho que os irmãos de ninhada quando foi levado para casa por sua dona, Stephy Hirst, em 2013, na cidade australiana de Melbourne.

Quase quatro anos mais tarde, porém, o felino da raça Maine Coon mede 1,20 m e pode ser o maior gato doméstico do mundo. Depois que o gato se tornou famoso na internet, Hirst diz ter sido procurada pelo Livro Guinness dos Recordes, que teria pedido medições oficiais do animal.

O atual recordista, um gato da mesma raça, mede 1,18 m e vive na cidade britânica de Wakefield. A australiana criou uma conta de Instagram para Omar há duas semanas - uma das fotos já foi compartilhada mais de 270 mil vezes. A fama súbita valeu ao gato diversas participações em programas de TV e reportagens na mídia impressa australiana.
"Ele não está lidando muito bem com a atenção", disse a dona à BBC. "Esta manhã ele deu o maior piti."

Carne de canguru
Omar normalmente levanta às cinco da manhã e come um pouco de ração antes de passar o dia pela casa. Mas seu jantar é requintado: carne de canguru, bastante comum para consumo humano na Austrália. "É a única que ele come", explica a Hirst.

O gato pesa 14 kg, e levá-lo ao veterinário é uma missão e tanto. E Hirst conta que precisa trancar a porta do quarto quando vai dormir. "Ele toma muito espaço na cama."
Omar também desenvolveu um talento para abrir portas, armários e até boxes de chuveiro. "Nossos amigos querem vê-lo toda hora. Tem gente que não acredita que Omar é real. Até vê-lo em carne e osso."

Representantes do Guinness em Londres disseram à BBC terem recebido um pedido de recorde para Omar. Mas Hirst afirmou que a fama não é importante para ela. E nem para o felino.

"Está mais preocupado em dormir, comer e acordar a gente à noite. Acho que ele ficaria feliz se voltasse a ser apenas um gato doméstico normal." O processo de reconhecimento (ou não) do recorde de Omar deve durar vários meses.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…