Faça a sua parte, denuncie. Disque 100

Estrelas participantes da campanha. Reprodução.
No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo.

Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem. (CLIQUE AQUI e veja mais).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CELEBRIDADES: A mãe do filho de Neymar, bonita e bem paga

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

A jaramataia e as incertezas de sua eficiência

Fim de linha também para Castelo Torres

Magnólia Figueiredo fala da importância do combate ao câncer de mama na assembleia legislativa