EDUCAÇÃO: tempo integral e outras ações revelam o novo momento da área no RN

Reprodução.
A Educação no Rio Grande do Norte toma um novo rumo e aponta para uma clara evolução. A partir de ações concretas e voltadas para melhoria da qualidade do ensino oferecido às milhares de crianças e adolescentes do RN, o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação (SEEC), avança em um setor prioritário no desenvolvimento da sociedade.

As escolas de tempo integral, por exemplo, já são uma realidade em 17 instituições de Ensino Fundamental e em outras 18 de Ensino Médio articuladas ao novo formato de ensino. “É um investimento importantíssimo porque amplia a jornada escolar dos nossos estudantes”, explica a secretária de Educação do RN, Cláudia Santa Rosa.

Em todo o RN, dez Escolas de Ensino Fundamental já ofertaram o tempo integral em 2016 e outras sete iniciaram no sistema este ano, beneficiando mais de 3,4 mil alunos. No Ensino Médio, 18 escolas passaram a ofertar o sistema integral, alcançando mais de 6 mil alunos, distribuídas em todas as 16 regiões do estado.

Paralelo a implantação do tempo integral, o Executivo Estadual desenvolve um conjunto de ações, entre as quais, outras 34 escolas foram propostas ao MEC para fazerem parte, ainda este ano, do Programa Ensino Médio Inovador, que oferece uma jornada de ensino semi-integral, envolvendo 35 horas semanais.

Sete novos centros abriram em 2017
Outra ação é o Programa de Fortalecimento do Ensino Médio nas Escolas da Rede Estadual de Educação do RN (ProMédio). Este ano entraram em funcionamento sete Centros de Educação Profissional (CEEP). O investimento total é de R$ 124,1 milhões com recursos de convênios firmados com o FNDE/MEC. Destes, cerca de R$ 8 milhões foram aplicados em cada Centro. O governo entrou, ainda, com a contrapartida de R$ 1,2 milhão para a parte de infraestrutura de obras.

Com a instalação de cada Centro, o RN está sendo beneficiado com uma estrutura de 5,5 mil metros quadrados, 12 salas de aulas, auditório, quadra coberta, bloco administrativo, refeitório e laboratórios de Línguas, Informática, Química, Física, Biologia e Matemática”, acrescentou a titular da SEEC.

As cidades beneficiadas em 2017 com a estrutura são: Natal, (no bairro de Pitimbu), Mossoró, Extremoz, Ceará Mirim, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, e Alto do Rodrigues. Para 2018 estão previstos mais três Centros em funcionamento: Natal, (no Parque dos Coqueiros), Macaíba e Assú. A capacidade média das dez instituições é de atender um total de 15 mil alunos.

O Programa visa fortalecer o ensino médio nas escolas estaduais do RN, apoiando o desenvolvimento de propostas curriculares dinâmicas, flexíveis e que atendem as especificidades dos estudantes e as demandas da sociedade. O ProMédio alcança as modalidades de ensino integral, semi-integral, regular, integrado (médio + profissional) modalidade normal, noturno e diferenciado.
Assecom-RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

DENUNCIA GRAVE CONTRA O PREFEITO É PROTOCOLADA

Prefeito Alan rebate denúncia sobre suposta contratação irregular e destaca: “ele vai ter que provar na Justiça”

PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS É CRIME E USO DA MÁ FÉ NA GESTÃO PÚBLICA