Pular para o conteúdo principal

Delação de donos da JBS fragiliza Temer em processo no TSE e no Congresso

Reprodução. 
A revelação de que Michel Temer foi gravado autorizando pagamentos para silenciar o ex-deputado Eduardo Cunha e o operador Lúcio Funaro, alvos da Operação Lava Jato, divulgada pelo jornal O Globo nesta quarta-feira, pôs o presidente sob máxima pressão e abriu especulações sobre sua eventual saída do cargo. Especialistas em direito penal consideram que a nova acusação, saída da delação premiada de executivos da JBS, fragiliza o peemedebista no processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e também no Congresso, onde a oposição já pede seu impeachment.

Embora o áudio de Temer não seja objeto do processo que corre no TSE, cujo julgamento será retomado em 6 de junho, a sombra lançada sobre o presidente pode influenciar a decisão dos ministros e levá-los a dar uma solução rápida ao escândalo. “Pode ser a opção menos traumática”, disse um ex-ministro do TSE e atual advogado de figurões da política. “Os ministros não decidem de forma desconectada à sociedade. A ação já tem bastante provas contra a chapa, além de já ter um entendimento de que não tem como separar as condutas [conforme defende Temer].”

Outro risco para Temer é tornar-se alvo de um processo de impeachment. Um pedido do afastamento já foi protocolado na Câmara pelo deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) na noite desta quarta-feira. Embora alguns especialistas hesitem em enquadrar a nova acusação como crime de responsabilidade — tipificado como um delito político-administrativo executado durante o exercício da função pública —, há os que enxergam flagrante quebra do decoro e violação à probidade na administração, também previstos na lei do impeachment. Em comum, juristas consultados pelo site de VEJA acreditam que um novo processo do gênero, apenas um ano após o afastamento de Dilma Rousseff, poderia arrastar-se até o fim do mandato do peemedebista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Na natureza, tamanho pode ser documento. A notícia que uma lula encontrada nas Ilhas Malvinas tem um pênis do comprimento do seu corpo causou certo espanto, mas ela está longe de ser exceção.

O homem Nesta proporção também se enquadra o homem. Em média, o tamanho médio dos pênis varia entre 12 e 15 centímetros em estado ereto, apesar de depender de diversos fatores como raça, biotipo, genética e tamanho da pessoa.
Portanto, não há uma definição específica para o tamanho do Pênis na nossa espécie. Segundo a enciclopédia científica, pênis apenas com 7 cm ou menos em estado de ereção são considerado pequenos.
A baleia-azul
A baleia-azul (Balaenoptera musculus), que chega a ter mais de 30 metros de comprimento, é considerada pelos cientistas a espécie mais bem dotada do reino animal, pelo menos em termos absolutos: o órgão sexual de um macho adulto atinge mais de 2 metros de comprimento -- mas isso significa apenas 7% do tamanho de seu corpo.
A Lula Na natureza, o tamanho do aparelho reprod…

PANDEMIA: Falece de covid-19 em Mossoró 3º Apodiense

Mais um apodiense faleceu vítima da COVID-19. Sidney (45), estava internado na UTI em Mossoró lutando pela vida. Foi bravo, mas foi vencido. Teve duas paradas cardíacas e não resistiu na segunda no final da tarde início da noite de hoje (22). Infelizmente. Muito triste.
Nossos pêsames aos familiares. Sidney foi o terceiro Apodiense morto pelo coronavírus. Deus proteja a nós todos.

CIÊNCIAS: Vale apena saber – Porque quando estamos gripados não sentimos o cheiro nem sabor das coisas?

Quando você está com gripe ou resfriados você quase não sente o cheiro das coisas. Quanto ao sabor é como se tivéssemos comendo palha. Mas será por que isso acontece?
Ao ficarmos gripados ou resfriados as células que formam a mucosa nasal produz excesso de muco (espécie de liquido pegajoso) na tentativa de diminuir a irritação causada pelos agentes causadores da infecção.
Dessa forma o excesso de muco dificulta a chegada das moléculas de odor, que se propagam no estado gasoso, até as células receptoras de olfato e com isso há uma diminuição nesse sentido.
Além disso, os próprios vírus afetam células olfatórias prejudicam ainda mais o funcionamento do olfato. Como o olfato interfere na identificação dos sabores esse sentido também fica prejudicado, daí você também não sentir o gosto.
É isso ai, repouso, boa alimentação e muito líquidos são fundamentais na recuperação contra gripes e resfriados. Agora você ficou sabendo por que não sentimos cheiro nem o sabor quando estamos com gripe e resf…