Sociólogo da USP aborda violência em Aula Magna da UFRN

Reprodução. 
"Não há soluções fáceis e rápidas para problemas complexos, como a violência que afeta não só o Rio Grande do Norte, mas o país”. A argumentação do vice-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, justifica o tema da Aula Magna do primeiro semestre letivo de 2017: A violência na sociedade brasileira contemporânea: tendências, dinâmicas e respostas do Estado.

Para falar sobre o assunto foi convidado o professor titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e coordenador científico do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP), Sérgio Adorno. Doutor em Sociologia, com pós-doutorado pelo Centre de Recherches Sociologiques sur le Droit et les Institutions Pénales (Cesdip), da França, e referência em estudos sobre violência, Adorno defende a escrita da história do Brasil como uma história social da violência, fomentada pelas desigualdades sociais.

Chamamento
Os índices desse fenômeno social espelham o RN como o estado mais violento do país. Matança de presos, como ocorreu em janeiro deste ano, no Presídio de Alcaçuz, e mortes diárias de jovens vulneráveis de bairros periféricos da cidade, reforçam a imagem negativa da cidade. No último final de semana, por exemplo, foram 30 casos de mortes por violência.

As soluções para esse fenômeno social que atinge a todas as classes exigem a contribuição de toda a sociedade, e nós, universidades públicas, formadoras de pessoas e produtoras de conhecimento, temos um papel social a cumprir”, declarou a reitora, Ângela Maria Paiva Cruz, nesta quarta-feira, pela manhã, ao convidar a comunidade acadêmica, empresarial, gestores públicos, órgãos de segurança, igreja, e representações de classe, como a OAB e sindicatos, a participar do debate na próxima segunda-feira, 17, às 9h, no Auditório da Reitoria.

Atividade de extensão aberta ao público, a Aula Magna será transmitida via web para os Polos de Educação a Distância (EaD) da UFRN, no interior do Estado.

Agência de Comunicação da UFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

MENSAGEM: Apodienses vencedores