PREVIDÊNCIA: Natalprev apresenta à Justiça planilhas que comprovam “rombo” de quase R$ 80 milhões

Prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT)
Apesar das inúmeras negativas do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) e da bancada governista na Câmara Municipal de que há um déficit na previdência própria do Município, a gestão do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Natal (Natalprev) reconheceu oficialmente a existência de um débito milionário nos cofres da instituição.

A confissão foi feita por meio da apresentação de documentos à Justiça que detalham as movimentações feitas no fundo nos anos de 2015 e 2016 e nos dois primeiros meses de 2017. Os registros foram juntados aos autos de um processo movido pela vereadora Natália Bonavides (PT), após não ter requerimentos atendidos pelo órgão. A petista deu entrada na representação para solicitar informações detalhadas a fim de complementar a análise de possíveis irregularidades no regime de previdência municipal dos servidores.

Nas planilhas entregues à Justiça, em atendimento à determinação da juíza Patrícia Gondim Moreira Pereira, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, o Natalprev mostra que os três últimos repasses de 2015 (novembro, dezembro e 13° salário), além dos treze repasses de 2016 e dos dois primeiros (janeiro e fevereiro) de 2017, não foram totalmente efetuados, no período devido, pela Prefeitura de Natal.

Ou seja, a administração municipal recolheu a contribuição previdenciária dos servidores, mas não fez a transferência para os fundos do Natalprev como deveria. A própria contribuição patronal também não foi depositada corretamente no período citado.

O somatório dos débitos apontados na planilha do Natalprev, tanto da contribuição patronal quanto da dos servidores do município, chega a R$ 78,2 milhões. O valor é próximo da quantia apurada inicialmente pela vereadora Natália Bonavides (de R$ 80 milhões), denunciante do “rombo” nos cofres do Instituto. As planilhas do Natalprev comprovam os indícios da falta de recursos. LEIA MAIS...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos

Finalmente, o que dizer sobre nossa triste realidade?