Pular para o conteúdo principal

Para Galeno, combate à violência no RN requer apoio do Governo Federal

Foto: João Gilberto
Citando os recentes assaltos e arrombamentos de agências bancárias ocorridos no interior do RN, o deputado Galeno Torquato (PSD) disse que a população está apavorada e o problema tem que ser combatido com o apoio do Governo Federal. O pronunciamento do deputado durante a sessão plenária desta quarta-feira (4) foi endossado por vários colegas parlamentares.

O que vemos nos últimos dias é a bandidagem tomando conta das cidades do interior, com assalto a agências federais. Os bandidos estão causando terror à população, que está com medo de sair de casa”, afirmou Galeno. O deputado chamou a atenção para a falta de estrutura da polícia, com efetivo e estrutura insuficientes.

Galeno afirmou que as quadrilhas estão fortemente armadas, usando munições de alto calibre sem que a polícia tenha condições de combater o crime. “Além do assalto, põem em risco a vida dos moradores. Temos que tomar providências e o Governo do Estado tem que se aliar ao Governo Federal”, defendeu.

Os deputados José Dias (PSD), Carlos Augusto Maia (PSD), George Soares (PR), Tomba Farias (PSB) e Hermano Morais (PMDB) externaram a mesma preocupação com o problema e contribuíram com o pronunciamento.

Os bandidos tem tecnologia mais aprimorada, recursos mais volumosos e os bandidos dominam a vida das cidades, principalmente no interior. Esse fenômeno tem um componente que é ainda mais grave, a insatisfação dos agentes responsáveis pela manutenção da ordem”, disse José Dias. Carlos Augusto Maia defendeu o reforço policial, uma vez que as quadrilhas estão cada vez mais especializadas.

O deputado George Soares disse que os bancos estão fechando agências e restringindo a circulação do dinheiro e diante das dificuldades econômicas, o Rio Grande do Norte e os vizinhos Paraíba e Ceará não tem condições de combater o crime organizado. Já Tomba Farias conta que os municípios estão tendo que conviver com o “toque de recolher”, com as pessoas assustadas. O deputado Hermano Morais afirmou que diante de tantas ocorrências, chegou a ser procurado por representantes dos bancários e irá promover audiência pública para tratar da temática.

Assembleia Legislativa Do RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio