Pular para o conteúdo principal

CIÊNCIAS E A SAÚDE: O impacto da atividade física no funcionamento do intestino

Praticar atividades regularmente ajuda na movimentação do trânsito intestinal, evitando a sensação de intestino “preso”, e uma futura constipação

Reprodução. Exercício físico. iStockphoto/Getty Images.
A prática regular de atividade física traz muitos benefícios à saúde e isso não é mais novidade. A Organização Mundial da Saúde, recomenda a prática de 30 minutos por dia para adultos saudáveis, para redução do risco de doenças cardiovasculares. Já a Sociedade Brasileira de Cardiologia, defende 30 minutos, no mínimo por cinco dias da semana, abre também a possibilidade de dividir o tempo diário em dois momentos de 15 minutos cada.

Constipação
Mas seus benefícios não param por aí ela também pode ajudar no bom funcionamento do intestino.  A constipação intestinal, conhecida popularmente como intestino “preso”, é uma das queixas mais comuns, sendo responsável por 2,5 milhões de consultas medicas no ano de 2014 nos Estados Unidos. Em termos gerais sabemos que a constipação atinge o sexo feminino em maior escala e é uma das queixas frequente em consultas com ginecologistas.

A alimentação está diretamente ligada em seu tratamento e prevenção, a introdução e aumento no consumo de fibras ajudam em sua diminuição. Mas, além de comer adequadamente, a atividade física também é uma grande aliada quando o assunto é o bom funcionamento do intestino.

Outro alimento, muito utilizado no tratamento da constipação intestinal é o probiótico. Na verdade, muito mais que alimento, é um dos famosos alimentos/medicamentos, os nutracêuticos. Os probióticos são bactérias relacionadas à produção de substâncias benéficas, à prevenção do câncer intestinal, ao funcionamento adequado do intestino e à redução da absorção de gorduras e açúcar.

O papel da atividade física
Praticar atividades regularmente ajuda na movimentação do trânsito intestinal, evitando a sensação de intestino “preso”, e uma futura constipação. Outro benefício está relacionado com a prevenção de doenças como inflamações e câncer de intestino. Alguns estudos demonstram que mulheres e homens mais ativos apresentam menores riscos de desenvolver estas doenças.

A combinação perfeita está na hidratação abundante, entre 1,5 a 2 litros por dia, ingesta de fibras, em torno de cinco porções do reino vegetal por dia e atividade física.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio