PRESIDENTE ERRADO, NA HORA ERRADA: Temer e suas propagandas estúpidas

Reprodução. 
Acredito que muito dificilmente um governo no Brasil tenha investido tanto dinheiro do povo em propaganda e promoção pessoal como o governo Temer (PMDB). Está demais. E para completar são propagandas estupidas.

Por exemplo, a propaganda do saque do FGTS. Os atores contratados falam dos saques como se fosse uma quantia para ficar milionário. Quando se vai sacar o fundo consta-se que é uma merreca. Temer. Definitivamente o país tem o presidente errado, na hora mais errada da história do Brasil.

Uma prova. A sua rejeição. Hoje, apenas 10% do Brasileiro aprova seu governo. Apesar dos gastos bilionários com comercial, uma das piores rejeições já vista.

Comentários

  1. Esse Temer é um imbecil golpista. Além de estar levando o Brasil para o abismo com essas reformas toscas, agora resolveu simplesmente rasgar e jogar no lixo nossa Constituição Federal, em rede nacional. A mais recente prova de que ele não respeita a Constituição Federal são algumas propagandas idiotas deste governo golpista, em especial uma sobre a transposição do Rio São Francisco. Em rede nacional, a tal propaganda finaliza com os seguintes dizeres: “Temer, o presidente certo na hora certa”. Presidente de que? Presidente de quem? Apoiado pela maioria de deputados e senadores corruptos/canalhas traidores do povo, bem como pela sociedade paulistana- os tais patos da FIESP, esse pilantra está preocupado apenas em defender interesses da elite, de empresários/banqueiros/ especuladores sonegadores, corruptos; de donos de frigorífico produtor de carne podre; de fazendeiro/latifundiário/sojicultor invasor de terras da Amazônia Legal, dentre outros. Esse canalha não dá a mínima para o povo, basta ver a quantidade alarmante de desempregados no País. Aliás, qualquer economista sabe que essa gente da direita conservadora sempre defendeu que o Brasil precisa ter muita gente desempregada, pois assim eles conseguem mão de obra barata, e até trabalho escravo. Estão inclusive tentando extinguir a Justiça do Trabalho, exatamente para poderem explorar cada vez mais o trabalhador, sem qualquer tipo de punição. Como constitucionalista que esse imbecil se diz ser, deveria saber que a tal propaganda citada acima fere de morte a Constituição Federal, já que em seu art. 37, §1º, a CF proíbe a citação de nome de gestor público em propagandas do governo. Vejam o que diz esse dispositivo constitucional: “§ 1º A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”. Por óbvio, o imbecil sabe perfeitamente que este tipo de propaganda é vedada, já que contraria literalmente o texto constitucional. Mas, para quem aplicou um golpe de estado, isso nada significa. Não podemos permitir que esse golpista e sua quadrilha de ministros e parlamentares que o apoiam continuem desmantelando/destruindo o Brasil que Lula construiu. Se devemos alguma gratidão a alguém pela transposição do Rio São Francisco e pelo combate à fome no Brasil, esse alguém se chama Luiz Inácio Lula da Silva.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

POLICIAL: Acidente na BR 405 centro do Apodi

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

A saga do Prefeito Alan que só quer culpar os outros

Prefeitura descumpre sua parte e ainda não fez repasse a APAMI