Pular para o conteúdo principal

Prefeitura efetua repasse à APAMI e garante funcionamento da maternidade de Apodi

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação Integrada.
Por Josemário Alves

A Prefeitura de Apodi efetuou, nesta segunda-feira (27), o repasse à Associação de Proteção à Maternidade e a Infância (APAMI), mantenedora da Maternidade Claudina Pinto. O montante, no valor de R$ 90 mil, é referente a primeira parcela do convênio, que foi assinado em fevereiro deste ano.

De acordo com o diretor administrativo da APAMI, Mecksueldo Torres, o repasse chegou em boa hora. “Esse dinheiro será usado para efetuar o pagamento dos fornecedores e funcionários, que estão em atraso”, informou Mecksueldo.

Ao todo, a Prefeitura vai repassar à APAMI R$ 900 mil, divididos em dez parcelas mensais. Segundo o prefeito Alan Silveira, o valor vai contribuir para que a maternidade continue atendendo ao povo apodiense.

Estamos fazendo uma gestão compartilhada para garantir que a maternidade funcione com qualidade. O convênio sempre foi uma prioridade do nosso governo, mas a burocracia acabou atrasando um pouco. Agora, com o repasse realizado, nossa parceria se tornou uma realidade”, destacou Alan Silveira.

Atualmente, a Maternidade Claudina Pinto realiza cerca de 40 partos mensais, além de outros serviços como pequenas cirurgias e exames laboratoriais. A perspectiva da diretoria é expandir o atendimento a outros municípios, através de pactuação.

O prefeito Alan também já sinalizou que pretende ampliar a parceria entre o Município e a APAMI, com o objetivo de oferecer outros serviços de saúde à população.

Assessoria de Comunicação Integrada

Comentários

  1. Um litro de óleo de peroba pra este prefeito cara-de-pau. Cínico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio