Prefeitura efetua repasse à APAMI e garante funcionamento da maternidade de Apodi

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação Integrada.
Por Josemário Alves

A Prefeitura de Apodi efetuou, nesta segunda-feira (27), o repasse à Associação de Proteção à Maternidade e a Infância (APAMI), mantenedora da Maternidade Claudina Pinto. O montante, no valor de R$ 90 mil, é referente a primeira parcela do convênio, que foi assinado em fevereiro deste ano.

De acordo com o diretor administrativo da APAMI, Mecksueldo Torres, o repasse chegou em boa hora. “Esse dinheiro será usado para efetuar o pagamento dos fornecedores e funcionários, que estão em atraso”, informou Mecksueldo.

Ao todo, a Prefeitura vai repassar à APAMI R$ 900 mil, divididos em dez parcelas mensais. Segundo o prefeito Alan Silveira, o valor vai contribuir para que a maternidade continue atendendo ao povo apodiense.

Estamos fazendo uma gestão compartilhada para garantir que a maternidade funcione com qualidade. O convênio sempre foi uma prioridade do nosso governo, mas a burocracia acabou atrasando um pouco. Agora, com o repasse realizado, nossa parceria se tornou uma realidade”, destacou Alan Silveira.

Atualmente, a Maternidade Claudina Pinto realiza cerca de 40 partos mensais, além de outros serviços como pequenas cirurgias e exames laboratoriais. A perspectiva da diretoria é expandir o atendimento a outros municípios, através de pactuação.

O prefeito Alan também já sinalizou que pretende ampliar a parceria entre o Município e a APAMI, com o objetivo de oferecer outros serviços de saúde à população.

Assessoria de Comunicação Integrada

Comentários

  1. Um litro de óleo de peroba pra este prefeito cara-de-pau. Cínico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Professor Bruno Coriolano concede entrevista ao Blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento