Prefeito Alan vai à Natal e pede transformação de Companhia em Batalhão da PM

Credito da foto: Assessoria
Por Josemário Alves

Sensibilizado com o aumento da violência em Apodi, no tocante a roubos e crimes de homicídios, o prefeito Alan Silveira viajou até Natal, nesta quarta-feira (22), para tentar buscar investimentos na segurança e garantir uma maior tranquilidade aos moradores. Na companhia do deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB), Alan se reuniu com o coronel André Azevedo, comandante Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, e pediu mais atenção para Apodi.

O prefeito reivindicou a transformação da atual 2ª Companhia de PM, existente em Apodi, em um Batalhão da Polícia Militar. O objetivo é promover mais independência das ações, com recursos próprios e com mais investimentos diretos.

Além disso, o prefeito quer incluir Apodi dentro do sistema integrado nas Unidades de Monitoramento que estão sendo elaboradas pelo Estado. “Vamos usar nossa força para colocar Apodi dentro das ações que visam melhorar a segurança. Essa luta tem que ser minha e de todo o nosso povo. Estamos sendo alvo da bandidagem frequentemente e queremos nossa cidade tranquila de volta”, explicou Alan Silveira.

Em menos de uma semana, o município de Apodi registrou três tentativas de homicídios por arma de fogo. No início do mês, a PM notificou dois assaltos no Centro da cidade, um arrombamento a uma escola, um assassinato e um ataque criminoso à sede da Prefeitura.

O prefeito Alan Silveira garante que não vai ficar quieto vendo Apodi se transformar em uma cidade violenta. Anteriormente, ele já tinha afirmado que vai tomar medidas energéticas para trazer a tranquilidade de volta.
Assessoria de Comunicação Integrada

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS É CRIME E USO DA MÁ FÉ NA GESTÃO PÚBLICA

“Esse Prefeito é incapaz de administrar até uma bodega”. Nilson de João Lucas, agosto de 2013

DENUNCIA GRAVE CONTRA O PREFEITO É PROTOCOLADA