Por que o ensino integral muito dificilmente dará certo num país como o Brasil?

Visão panorâmica da Cidade de East Bridgewater, EUA, hoje (10)
Cidade de East Bridgewater, EUA. Habitantes: 13.794 pessoas. Idade: 194 anos de existência. Localizada no Estado de Massachusetts.

Na cidade de East Bridgewater estão morando os apodienses Adolfo e Keila Simeia com seus filhos, David Wesley e Isabelle Sofia. Keila é muito conhecida de todo o Apodi, é filha do Pastor da Igreja de Cristo Davi Morroque.

Nas fotos abaixo você tem a oportunidade de ver a biblioteca da escola onde David Wesley e Isabelle Sofia, seus filhos, estão estudando.
Fotos da biblioteca enviadas por Keila Simeia via Whatsapp
Nessas outras fotos abaixo, uma simples visão do ginásio de esportes da escola.
Fotos da quadra enviadas por Keila Simeia via Whatsapp
Na cidade de East Bridgewater – EUA, Estado de Massachusetts, a escola funciona com ensino integral. Os alunos entram às 8 horas e saem às 17 horas. Pelas estruturas da biblioteca e da quadra de esportes da escola de uma cidadezinha de 13.794, você tem a noção por que lá o ensino tem condições de funcionar de modo integral.

Toda uma condição de receberem atividades diversificadas que não seja somente uma sala de aula. Não é verdade?

Nas pensamentos do governo federal do Brasil, através do MEC (Ministério da Educação e Cultura), a ideia é implantar o ensino integral nas escolas do Brasil. Aliás, em algumas, inclusive do RN, ao que parece, essa experiência já está em andamento.

Agora, analisem estrutura das escolas brasileiras e faça uma comparação do por que por lá, a educação tem toda uma condição de funcionar de modo integral e aqui, modelo copiado, as condições de funcionamento são quase impossível.

Anos e mais anos de investimento dos governos americanos através dos séculos em educação. Já no Brasil...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água