POLICIAL: Homem que atirou em promotor do MPRN se entregou e não comentou a motivação do crime

Crédito da foto Junior Santos/Tribuna do Norte.
Guilherme Wanderley Lopes Da Silva, 44 anos, que efetuou disparos na manhã desta sexta-feira (24), na sede do Ministério Público do Estado, contra Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis, o Procurador-Geral de Justiça Adjunto Jovino Pereira Sobrinho, e o Coordenador Jurídico Wendell Beetoven se entregou no início da tarde deste sábado (25), na Central de Flagrantes.

Guilherme Wanderley preferiu ficar em silêncio na maior parte do depoimento à Polícia Civil, no entanto negou já ter sido internado em algum hospital psiquiátrico para algum tipo de tratamento. Ele ficará detido no Centro de Detenção Provisória da Ribeira onde ficará à disposição da Justiça.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS É CRIME E USO DA MÁ FÉ NA GESTÃO PÚBLICA

“Esse Prefeito é incapaz de administrar até uma bodega”. Nilson de João Lucas, agosto de 2013

DENUNCIA GRAVE CONTRA O PREFEITO É PROTOCOLADA