O que é pior, uma legislatura omissa ou perseguidora?

Reprodução.
Num passado bem próximo uma legislatura com requintes cruel de perseguição. O poder executivo se fizesse um risco no chão era processado e processos de cassação iam se acumulando.

Na atualidade, municipalidade só assinou convênio com entidade filantrópica quando bem entendeu. Afirma-se até que salários dos funcionários atrasaram três meses. O que dizer da lei do nepotismo aprovada em 2016 e ignorada em nossos dias?

Afirma-se nas rodas de conversa que o poder executivo faz o que quer e aprova o que quer da maneira como bem entende. Casa-se, batiza-se e dar-se em casamento. Assim, com raras exceções de alguns poucos edis, poder legislativo começa ganhar a triste fama de Omisso. Começou com grande expectativa e vai perdendo credibilidade. Que realidade presente em nossos municípios, não é verdade?

Que escolha fazer? Uma legislatura perseguidora ou uma legislatura omissa? O que é pior? 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os maiores açudes do Nordeste

REINO ANIMAL: Insetos que sofrem metamorfose

VOLTA ÀS AULAS: Escola Sebastião Gurgel fará aula inaugural nesta sexta, 23

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

OPERAÇÃO MANUS: MPF questiona quantidade de testemunhas apontadas por Eduardo Cunha