Ministério Público recomenda à Prefeitura de Mossoró exoneração de casal por nepotismo

Reprodução.
O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da 7° Promotoria de Justiça de Mossoró fez uma recomendação à atual prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) para que exonerasse uma das partes do casal Yuri Yasso Duarte de Queiroz ou Kátia Maria Cardoso Pinto dos cargos que ocupam na gestão municipal por nepotismo.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (06). O MP deu a prefeita e ao Secretário Municipal de Administração o prazo de 15 dias para tomar as providências necessárias para a exoneração.
Nota:
E viram o problema só lá em Mossoró? Incrível como tem município que aparentemente passa despercebido aos olhos do Judiciário. Tem-se a impressão que misérias aconteceram e acontece e,  outros municípios, com supostos problemas, nem existem. Vai gestão, entram de novo e nada. Impressionante.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água