Hipopótamo é assassinado a facadas em zoológico

Imagem reprodução.
Um hipopótamo conhecido em  El Salvador foi brutalmente assassinado dentro do zoológico nacional na semana passada. O hipopótamo Gustavito, de 15 anos, foi espancado e atingido com facadas dentro de sua jaula, em um ataque descrito por autoridades locais como “covarde e desumano”.

A polícia ainda tenta identificar os autores e qual teria sido a motivação do ataque ao único hipopótamo de El Salvador, que não resistiu aos ferimentos e morreu no último domingo.

Segundo o repórter da BBC na América Central Will Grant, apesar de o país que não se chocar mais com assassinatos há muito tempo, a crueldade extrema que atingiu Gustavito despertou uma onda de ira e tristeza entre os salvadorenhos. El Salvador tem uma das taxas de homicídios mais altas do planeta, segundo dados divulgados pela ONU no mês passado. Em média, 10 pessoas morreram por dia no país desde o início do ano.

Na noite posterior ao ataque, que aconteceu na madrugada de terça para quarta-feira, funcionários do zoológico perceberam que o animal se recusava a se alimentar e a sair da piscina de sua jaula. O comportamento foi o ponto de partida para que se identificassem cortes e hamatomas no rosto e no pescoço de Gustavito, que também apresentava sinais claros de estresse e agonia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento

CHARTON AVISA: “Para desespero de quem não tem zelo com o dinheiro público continuarei determinado no meu papel fiscalizador”, avisa Charton