Pular para o conteúdo principal

Em São Miguel, governador inaugura 31º Restaurante Popular e anuncia Central do Cidadão para o município

O cronograma de inauguração de Restaurantes Populares segue em andamento pelo Rio Grande do Norte. Depois de Jardim de Piranhas, na segunda quinzena de fevereiro, a cidade de São Miguel teve a unidade inaugurada pelo governador Robinson Faria e pela secretária de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria, na tarde desta sexta-feira (17). A unidade é a 31ª em todo o estado. Até o final de abril, a expectativa é que seja entregue o Restaurante Popular de São José de Mipibu.

A unidade entregue está localizada na Rua Vicente de Paulo Freitas, no centro da cidade, e tem capacidade de servir 400 refeições diárias, de segunda a sexta-feira, ao preço simbólico de R$ 1. O horário de funcionamento é das 11h às 14h. Desde dezembro já foram inaugurados cinco novos restaurantes: dois em Natal, um em Mossoró, um em Jucurutu e um Jardim de Piranhas. Os 31 Restaurantes fornecem diariamente 22.300 refeições. A Sethas pretende abrir até o final de 2018 outras 18 unidades.

Sobre a ação de Governo, Robinson Faria enfatizou que os Restaurantes que inaugurados em todas as regiões do estado são a materialização de um plano de governo. “Não tem como pensar em desenvolver o nosso estado sem universalizar e descentralizar os investimentos. Por isso, estamos entregando ou anunciando obras nos mais variados municípios e em áreas como saúde, educação e cidadania. Não vamos deixar que a crise impeça a nossa gestão de continuar trazendo desenvolvimento para o estado”, observou o governador, que adiantou aos micaelenses a entrega de uma Central do Cidadão para a cidade nos próximos meses.

Julianne Faria enfatizou que a entrega de mais um Restaurante faz parte de um compromisso assumido ainda em 2014. “O governador sempre disse que governaria para os últimos, que olharia com atenção para aqueles que precisam da apoio e assistência. Por isso, desenvolvemos um planejamento para poder cumprir o compromisso da nossa gestão com os desassistidos. O Restaurante Popular, além de servir refeições de qualidade, garante dignidade à população carente”.

Programa
O Restaurante Popular é coordenado pela Sethas e garante ao trabalhador uma refeição diária com alto valor nutritivo ao custo simbólico de R$ 1.

O programa está presente nos municípios de Natal (Centro Administrativo, Alecrim e Igapó), Mossoró (Centro, Alto de São Manoel, Santo Antônio e UERN), Assú (Centro e Frutilândia), Caicó, Currais Novos, Macaíba, Pau dos Ferros, Parelhas, Areia Branca, Extremoz, Ceará-Mirim, Macau, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, João Câmara, Parnamirim, Canguaretama, Jucurutu, Jardim de Piranhas, Santo Antônio e Apodi.

Assecom-RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio