DENÚNCIA: Prefeito Carlos Eduardo teria provocado “rombo” de R$ 80 milhões na previdência

Vereadora encontra “fortes indícios” de que gestão municipal recolheu contribuição previdenciária dos servidores, mas não depositou os recursos no NATALPREV

Imagem reprodução. 
A vereadora Natália Bonavides (PT) protocolou na tarde desta terça-feira 14 na Câmara Municipal três requerimentos que pedem a apuração de um possível déficit de cerca de R$ 80 milhões no Fundo de Previdência dos Servidores do Município de Natal.

O pedido ocorre após a vereadora detectar “fortes indícios” de que a administração de Carlos Eduardo Alves (PDT) recolheu, durante o ano de 2016 e os dois primeiros meses de 2017, a contribuição previdenciária dos servidores, mas não repassou a verba para o Fundo de Previdência como deveria. A vereadora não conseguiu apurar aonde os recursos teriam sido aplicados indevidamente.

É possível constatar fortes indícios de irregularidades, conforme análise dos Relatórios de Execução Orçamentária referentes aos exercícios de 2015 e 2016, bem como nos Relatórios de Investimentos dos Recursos Previdenciários anuais”, traz um trecho do requerimento obtido com exclusividade pelo Agora Jornal. “Verifica-se uma evolução de rendimentos inteiramente incompatível com o crescimento do valor das contribuições previdenciárias no último período e com a convocação de centenas de concursados em 2016”, complementa. LEIA MAIS...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Professor Bruno Coriolano concede entrevista ao Blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento