COMÉRCIO: Brasil se complica no mercado internacional da carne após operação carne fraca

Presidente Michel Temer se empanturrando durante jantar em
churrascaria  ontem (19). Crédito da foto: Pedro Ladeira/Folhapress.
Depois da operação carne fraca da polícia federal, que caiu feito uma bomba sobre o setor de carne brasileira, a coisa esta se complicando para esse setor que é um dos ramos mais importantes da economia brasileira.

A UE é um dos principais compradores da carne brasileira — entre os importadores de carne bovina, o bloco lidera ao lado de Hong Kong, China, Egito, Rússia e Irã as compras dos produtos ao Brasil. O bloco está suspendendo as compras do mercado brasileiro.

Além disso, a comissão Europeia pediu que as autoridades brasileiras suspendam as empresas exportadores investigadas pela Polícia Federal. A China também confirmou que suspendeu temporariamente desde o domingo 19 as importações. Medidas semelhantes foram tomadas pelo Chile, cujo Ministério da Agricultura anunciou na segunda-feira que está barrando temporariamente a compra da carne. 

Seja como for, o governo brasileiro precisa dar uma resposta rápida e segura ao mercado internacional para não perder completividade. O brasileiro precisa de emprego, não é interessante que essas empresas, que fornece centenas de milhares deles, caiam na generalização. Não é do interesse de ninguém o aumento do desemprego a essa altura. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROCESSO ARQUIVADO: Nada de irregularidades com a APAMI

Os maiores açudes do Nordeste

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

Secretaria de assistência social do município do Apodi afirmou que despesas do CRAS impedem festa das crianças

REINO ANIMAL: Insetos que sofrem metamorfose