COMÉRCIO: Brasil se complica no mercado internacional da carne após operação carne fraca

Presidente Michel Temer se empanturrando durante jantar em
churrascaria  ontem (19). Crédito da foto: Pedro Ladeira/Folhapress.
Depois da operação carne fraca da polícia federal, que caiu feito uma bomba sobre o setor de carne brasileira, a coisa esta se complicando para esse setor que é um dos ramos mais importantes da economia brasileira.

A UE é um dos principais compradores da carne brasileira — entre os importadores de carne bovina, o bloco lidera ao lado de Hong Kong, China, Egito, Rússia e Irã as compras dos produtos ao Brasil. O bloco está suspendendo as compras do mercado brasileiro.

Além disso, a comissão Europeia pediu que as autoridades brasileiras suspendam as empresas exportadores investigadas pela Polícia Federal. A China também confirmou que suspendeu temporariamente desde o domingo 19 as importações. Medidas semelhantes foram tomadas pelo Chile, cujo Ministério da Agricultura anunciou na segunda-feira que está barrando temporariamente a compra da carne. 

Seja como for, o governo brasileiro precisa dar uma resposta rápida e segura ao mercado internacional para não perder completividade. O brasileiro precisa de emprego, não é interessante que essas empresas, que fornece centenas de milhares deles, caiam na generalização. Não é do interesse de ninguém o aumento do desemprego a essa altura. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Professor Bruno Coriolano concede entrevista ao Blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento